Hiroshi Bogéa On line

Jornalista denuncia doações ilegais do Bolsa Família para campanha de Helder Barbalho

O jornalista Ronaldo Brasiliense, em seu site Amazônia Notícias, acaba de publicar post denunciando a utilização ilegal de doações do Bolsa Família para a campanha de Helder Barbalho.

Reproduzimos a seguir trecho da denúncia do premiado jornalista:

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal vão investigar denúncia de que o candidato do MDB ao governo do Estado, Helder Barbalho, vem recebendo doações para sua campanha eleitoral de pessoas físicas beneficiárias do Programa Bolsa-Família, do governo federal.

Pelo menos 12 pessoas que recebem Bolsa-Família no Pará já foram identificadas na relação dos doadores de Helder Barbalho. São pessoas que ganham entre R$ 89,00 e R$ 219,00 por mês do maior programa de transferência de renda do Brasil e que, de forma surpreendente e ilegal, fizeram doações de R$ 500,00 e até R$ 800,00 para abastecer os cofres da campanha de Helder Barbalho.

A Lei Eleitoral que está em vigor é clara no que se refere a doações de campanha: somente pessoas físicas podem fazer doações e com um valor limite correspondente a 10% dos rendimentos brutos do doador no ano anterior.

Então, uma pessoa que recebe R$ 89,00 mensais de Bolsa-Família, em um ano receberá R$ 1.068,00. Logo, poderia no máximo doar para qualquer candidato na campanha eleitoral deste ano no máximo R$ 106,80.

Para ler a matéria completa, inclusive com a lista dos doadores e valores da doação, CLIQUE AQUI.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *