Jornal Pessoal

Publicado em 23 de março de 2012

 

 

 

Já está nas bancas de Belém a Edição Especial do Jornal Pessoal.

Lúcio Flávio Pinto dedica textos sobre a grilagem na Amazônia e registra  mensagem aos seus leitores, na abertura da edição:

 

 

1-Alguém haverá de achar excessiva a atenção, o tempo e o espaço que estou dando ao meu affaire. Haveria até impropriedade em compará-lo ao cause céllebre de Dreyfus, em defesa do qual Émile Zola produziu o incandescente J’accuse. Há, de fato. Mesmo assim, um contencioso judicial específico pode representar uma questão muito mais ampla e grave: a defesa do patrimônio público contra legiões de piratas, que aportam ao Pará (e à Amazônia) com furor de lucro e de violência. Sou um acidente de percurso num momento dramático da nossa caminhada na história. Por isso peço a atenção do leitor para a exposição feita nas páginas a seguir. Depois de ler, caso se convença, divulgue a questão, se apaixone por ela e aja em função dela. A história agradecerá. Já está agradecendo a todos que se mobilizaram para esta luta e dela têm participado decisivamente. A todos eles, meu agradecimento.

 

2-GRILAGEM
A conspiração da pilhagem

Os interesses dos cidadãos e do Estado estão desprotegidos. A justiça do Pará tem se mostrado incapaz de desempenhar seu papel decisivo para criar uma sociedade democrática e consciente. É hora de mudá-la. Para o bem de todos.