Jornal Pessoal

Publicado em 19 de abril de 2011

A edição do Jornal Pessoal desta quinzena publica denúncia grave contra o Judiciário paraense.

Principais chamadas:

1- Fim do Baratismo

 2- Cidade submersa
 
 3- Deníncia  
Justiça do Pará acusada
 
Um cidadão de 86 anos acusa o poder judiciário do Estado de acobertar o roubo de um carro para proteger o sogro e o cunhado de um desembargador. A denúncia, encaminhada ao CNJ, atinge três desembargadores, seis juízes e uma promotora, além da polícia. É um libelo contra o poder público do Pará.

Lúcio Flávio Pito já encaminhou às bancas a nova edição do jornal.