Hiroshi Bogéa On line

Jorge Bichara vai reunir movimentos populares e manter os pés em vilas e distritos de Marabá

 

 

Jorge Arara 2Tão logo termine de implantar o que ele chama de “o mínimo de estrutura” para começar a executar políticas públicas voltadas ao desenvolvimento da zona rural,  o novo secretário de Agricultura,  Jorge Bichara,  pretende reunir dirigentes do MST, Fetagri e Fetraf, além de lideranças  distritais,  “para discutir democraticamente um novo tempo para a região agrícola de Marabá”.

Jorge lembra que já há um rumo a ser tomado, seguindo as linhas básicas do mini-programa de ações construído junto às lideranças do campo, durante a campanha e antes da posse do prefeito João Salame, “mas precisamos avançar mais, seguindo orientação do prefeito Salame”.

Jorge explica que no cenário de dificuldades pelo qual passam os agricultores familiares para “gerar suas atividades agrícolas e garantir assistência, otimizando tempo,  dando condições de vida adequadas  às suas famílias,  precisamos trabalhar em conjunto  busca de alternativas – e isso só conseguiremos trocando ideias, ouvindo o nosso público alvo”.

Jorge lembrou, conversando com o poster esta manhã na Fundação Zoobotânica (foto),   das andanças de João Salame pela zona rural, durante a campanha eleitoral. “Ele realizou vários discursos condenando a falta de políticas agrícolas como fato dificultador da  fixação do homem no seu meio, levando-o assim ao êxodo rural e a elevação da população na área urbana de Marabá, acentuando com isso o problema social”.

Agora, diz o médico Bichara, “temos a obrigação de pelo menos minimizar alguns problemas, para atender a demanda do homem do campo. Nossos agricultores terão que ter o prazer de viver em sua região, sem a necessidade de abandonar o habitat em busca de melhores condições de vida”.

É nesse sentido que o secretário de Agricultura manterá contatos com os dirigentes de entidades populares.

“Vou conversar com o “Pipira”, da Fetagri; com o Tim Maia, do MST;  e com o Chico da Cib, da Fetraf  -, além de ir pessoalmente reunir com as lideranças distritais em suas próprias comunidades. Fixarei  o final de semana para visitar vilas e distritos. Essa agenda será permanente – conforme determinação do João Salame”, finaliza.

Post de 

8 Comentários

  1. Paulo Monteiro

    10 de janeiro de 2013 - 12:07 - 12:07
    Reply

    Parabéns a Marabá,

    Nada como uma mão cirúrgica para costurar a zona rural de Marabá; estagnada principalmente pelos orgãos estaduais do setor agrícola ,que só circulam dentro de gabinetes e conchavos para se manterem nos cargos. Dr. Jorge, mantenha um canal direto com o Secretário de Agricultura do Estado, capacidade, perseverança e honestidade são suas marcas, não se deixe prender por estas estruturas arcaicas, que em vez de ajudar só atrapalham. Boa sorte e bom trabalho, só um grande marabaense para tirar esse marasmo do setor agrícola.

  2. Evilângela

    6 de janeiro de 2013 - 20:11 - 20:11
    Reply

    Não posso esconder minha enorme admiração pelo doutor Jorge Bichara.
    Homem sério, comprometido com a melhoria das condições de vida das comunidades rurais. Afirmo isso com toda a segurança de quem nos últimos cinco, seis anos, vivenciou a inquietação deste senhor atuante, visitando várias vilas implantando o Projeto Unimed vai à Escola, projeto vitorioso que contemplou a zona rural de Marabá, graças ao doutor Jorge.
    Não tenho dúvidas que o pequeno e médio agricultor terá apoio, será ouvido, prosperará em sua gestão.
    Parabéns doutor, a Escola São José orgulha-se de tê-lo como parceiro nas ações desenvolvidas ao longo destes anos.

  3. Anônimo

    6 de janeiro de 2013 - 18:50 - 18:50
    Reply

    Hiroshi muito importante a intenção de dialogar com os movimentos sociais, mas o secretário comentou sobre alguma agenda com INCRA, EMATER, UFPA, ADEPARÁ … enfim os demais orgãos municipais e federais que executam pesquisa e políticas públicas no município no sentido de uma agenda de integração dessas políticas federais e estaduais?

    Como a secretaria vai atuar no incentivo a implantação do PAA e PNAE

    Conte pra gente… se for possível pergunte à ele

    • Hiroshi Bogéa

      6 de janeiro de 2013 - 19:37 - 19:37
      Reply

      O Jorge tem um projeto para a área agrícola que exige amarras em todos os segmentos do setor, principalmente os órgãos citados por você, Anônimo 18:50. Aguardemos a movimentação do novo secretário, que está com todo o pique para cumprir orientações do prefeito Salame.

  4. luiz pinho

    6 de janeiro de 2013 - 15:00 - 15:00
    Reply

    Marabá terá tudo a ganhar com a competência, honestidade, determinação do Dr. Jorge Bichara, nos 43 anos que o conheço ele nunca decepcionou.

  5. Luis Sergio Anders Cavalcante

    6 de janeiro de 2013 - 09:19 - 9:19
    Reply

    Hiro, à princípio, parabenizo todos os Secretarios nomeados. Ao que tudo indica, a determinação de JS foi “dar um choque de gestão” (com se deve fazer) no trato com o que é público(do povo). E não pode ser diferente. A aproximação com o “povo” é essencial para que – a exemplo da SEAGRI – (Dr. Jorge Bichara), para que se possa detectar as reais necessidades da população, incluso aí, os movimentos sociais. As dificuldades, principalmente, financeiras, serão grandes, porém, nesses 4 anos seguintes poderemos recuperar os outros 4 de atraso em que se encontrava o município. Ao ensejo, cito, como publicado no Quaradouro, o “hum milhão de reais” de sobra no caixa da CMM, que deveria ser devolvido ao Executivo. Há que se investigar o destino do expressivo numerário. Em 07.01.13, Marabá-PA

  6. Rildo

    5 de janeiro de 2013 - 19:25 - 19:25
    Reply

    Cara, Marabá está de parabéns com os secretários do prefeito Salame, agora, o Dr. Jorge Bichara, é o nosso maior orgulho, pelo seu carater, sua
    honestidade e acima de tudo, pelo ser humano que é o Dr. Jorge. Porém, ele tem um grande desafio pela frente, que é ajudar o prefeito Salame à resgatar a alto estima dos marabaenses. Mãos à obra Dr. Jorge, nós
    confiamos em vocês!

  7. Suely

    5 de janeiro de 2013 - 12:52 - 12:52
    Reply

    Marabá não podia ter melhor Secretário de Agricultura. Como ex-funcionária do Dr. Jorge na Unimed, confio no trabalho dele e sou muito fã desse cara, pelo senso de justiça e honestidade que ele tem. Tô orgulhosa de Marabá nesse momento. Que Deus o ilumine, Dr. Jorge!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *