Joãozinho Malvadeza

Publicado em 13 de maio de 2007

Durante plenária do PTP realizada em Marabá, sábado (12), o discurso mais duro foi proferido pelo deputado João Salame (PPS). Olhando para a governadora do Estado, de cara distribuiu o cartão de visita ao declarar ser “racionalmente favorável a criação do Estado de Carajás” por entender estar na divisão territorial do Pará a única forma de espalhar benefícios alcançando todas as comunidades, cada vez mais distanciadas do poder central, em Belém. Comparou o volume de recursos aplicados em obras na capital em detrimento das demandas volumosas registradas no interior. Ana apenas anotava o que Salame expôs.