Hiroshi Bogéa On line

João Salame vai ao Conselho Nacional de Justiça

 

 

Na próxima terça-feira, 12, o prefeito constitucional de Marabá, João Salame, ingressa no Conselho Nacional de Justiça, em Brasília, protocolando material contendo denúncias de supostas práticas de pagamento de propinas a membros do Tribunal Regional Eleitoral do Pará, com pedido de apuração dos fatos.

 

Embora o conselheiro do CNJ, Gilberto Martins Valete tenha aberto sindicância para apurar as denúncias, Salame decidiu ir pessoalmente  ao conselho,  narrar o que está acontecendo.

Post de 

2 Comentários

  1. Luis Sergio Anders Cavalcante

    10 de novembro de 2013 - 12:07 - 12:07
    Reply

    Hiro, em sendo verdade a “doação” desse veículo Porsche para a Juiza Ezilda através do Sr. Francisco, seu marido, seria uma das provas mais contundentes no caso, pois não é difícil rastrear o paradeiro , bem como a documentação, e por onde passou o mesmo. E, pelo visto, o alcaide está bem municiado de provas contra a Juiza. De outra vertente, classifico como “perigosa” a situação pessoal do Sr. João Salame pela coragem de denunciar. E corre perigo de vida o Sr. Antônio Armando, pois é um “arquivo vivo” das maracutaias no TRE-PA. Em 10.11.13, Mba.-PA.

  2. Marcelo Quirino

    10 de novembro de 2013 - 10:37 - 10:37
    Reply

    Este TRE é um mar de lama, que envergonha todo cidadão de bem do Pará,

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *