Hiroshi Bogéa On line

João Salame acaba de tomar posse no Departamento de Atenção Básica à Saúde

 

A partir da tarde desta terça-feira, 17, o  Estado do Pará passou a ter um filho marabaense dirigindo uma das áreas mais importantes do Ministério da Saúde.

Trata-se de João Salame Neto, ex-prefeito de Marabá, que foi empossado, em Brasília, às 14 horas, como Diretor do Departamento de Atenção Básica  Á Saúde.

O Departamento de Atenção Básica (DAB) integra a Secretaria de Atenção à Saúde e tem atribuições de definir e rever periodicamente as diretrizes da Política Nacional de Atenção Básica, observando os princípios e diretrizes do SUS.

O órgão é quem garante fontes de recursos federais para compor o financiamento da Atenção Básica, e desenvolver estratégias de articulação com as gestões estaduais e municipais do SUS com vistas à institucionalização da avaliação e qualificação da Atenção Básica  – além de prestar cooperação técnica a Estados, a Municípios e ao Distrito Federal na organização, qualificação e de consolidação da Atenção Básica;

O DAB, agora sob a gestão de Salame, também coordena a implantação de políticas e programas estratégicos no âmbito do Ministério da Saúde, estando sob sua responsabilidade os programas Saúde da Família, Brasil Sorridente,  Política Nacional de Alimentação e Nutrição, Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares; Programa de Requalificação das Unidades Básicas de Saúde; Programa Nacional de Melhoria do Acesso e Qualidade na Atenção Básica (PMAQ-AB); Programa Telessaúde Brasil Redes; Equipes de Consultórios na Rua e o Programa Saúde na Escola (PSE).

O DAB tem responsabilidade direta com grande parte das ações do Programa Brasil Carinhoso.

Para o Estado do Pará, a gestão de um órgão com a envergadura do DAB, foi uma conquista considerável, levando em conta a abrangência do departamento para o atendimento às demandas da saúde pública paraense.

Post de 

8 Comentários

  1. José Nevaldo

    26 de agosto de 2017 - 09:58 - 9:58
    Reply

    O radicalismo político faz com que pessoas inteligentes falem besteira. O DAB não é cargo de quarto escalão. É o pulmão do Ministério, com orçamento de 20 bilhões por ano. Pra se ter uma idéia o orçamento da prefeitura de Marabá é de 700 milhoes por ano. Todas ações da atenção básica passam por lá. Tem um equipe de doutores, mestres e tecnicos super qualificados. A equipe que Joao Salame nao tinha na prefeitura agora ele tem pra fazer um bom trabalho. Como paraense torço por ele. E todos os paraenses independente de paixão política deveriam torcer também

  2. Djalma Guerra

    21 de agosto de 2017 - 19:30 - 19:30
    Reply

    Pessoal não se empolguem pois este cargo é de quarto escalão e foi dado para o Beto votar a favor do governo contra os trabalhadores..

  3. EDIVALDO VIANA

    19 de agosto de 2017 - 20:36 - 20:36
    Reply

    aiaiuiui vai dar bode nesse mundongo vaibfeder esta bucchada que tá podre ai ai ai ui ui.

  4. Djalma Guerra

    17 de agosto de 2017 - 22:22 - 22:22
    Reply

    Esta função foi negociada em troca do voto do irmão dele a favor do Michel Temer.

  5. João Lúcio

    17 de agosto de 2017 - 21:20 - 21:20
    Reply

    Ter uma liderança bem articulada como João Salame nesse importante órgão sem dúvida é muito positivo para nosso Estado.

  6. Normando Gonçalo Peixoto

    17 de agosto de 2017 - 21:10 - 21:10
    Reply

    Hiroshi, é sim motivo de orgulho se levarmos pelo lado emocional. Agora, de forma racional e considerando-se a sua passagem como gestor de Marabá. Aí, o resultado não lhe credencia para o tão importante cargo na área da saúde, como bem relatado em seu texto. É do conhecimento público: A pior avaliação apontadas em todas as pesquisas, dava como a pior das secretarias municipais, a de saúde. Aliás, comandada por um médico e ex-prefeito Nagib Mutran. Agora, todos temos o direito a uma 2a chance. Desejo-lhe boa sorte e, que consiga resgatar a sua credibilidade que está muito desgastada perante nós marabaenses. Sds

  7. Cláudia

    17 de agosto de 2017 - 20:49 - 20:49
    Reply

    Parabéns João, muito feliz pois o Pará está sendo agraciado a nível nacional.Tenho certeza que vossa excelência irá fazer um brilhante trabalho não só por Marabá, Pará , Brasil pro mundo.Sucesso!!

  8. Servidor público

    17 de agosto de 2017 - 17:25 - 17:25
    Reply

    Será que Marabá terá uma atenção especial por parte de JS pela importância desse cargo?
    Pois nos postos de saúde tá faltando uma simples NIMESULIDA,que custa 5 reais a fica com 12 comprimidos de 100mg.
    É barato mais tem pessoas que não tem 1 real p comprar pão

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *