Hiroshi Bogéa On line

Jatene quer construir unidade da Amat

 

 

Ao tomar conhecimento do resultado da eleição na Amat, Simão Jatene deverá convidar os candidatos empatados (Hidelfonso de Abreu Araújo e Celso Lopes Cardoso) para uma conversa no Palácio dos Despachos. Governador  confidenciou a assessor estar preocupado com os rumos dados à disputa, caracterizada pela divisão perigosa entre os membros da Associação dos Municípios do Araguaia-Tocantins.

Como o estatuto da associação é omisso em casos de empate em eleição de diretoria, Simão deverá fazer esforços para encontrar uma solução compartilhada entre os dois candidatos.

Post de 

8 Comentários

  1. Ex-Prefeito

    17 de fevereiro de 2012 - 17:25 - 17:25
    Reply

    Caiçara, deixa o Governador fora dessa! Não misture as coisas!

  2. Ex-Prefeito

    17 de fevereiro de 2012 - 17:20 - 17:20
    Reply

    Rapaz, essa turma do Lúciano Guedes, é muito ruim,pois com a maquina na mão, e não ganhar a eleição da AMAT, demonstra o nivel de administraçao que existi alí. O pior de tudo, é que, sem querer desmerecer os candidatos a presidente e vice respectivamente, prefeitos Celso ( Tucumã ) e Alvarenga (Nova Ipixuna ) que concorreram contra o candidato do Lúciano. Devo dizer, que os dois são pesados pra se carregar. Eta, prefeitinho ruim de voto esse Lúciano Guedes!

  3. henrique

    16 de fevereiro de 2012 - 09:05 - 9:05
    Reply

    Sei que a AMAT não estava funcionando bem, dizem que estava sendo um cabide de empregos no Governo PT. E digo a vocês, se o Prefeito Celso ganhar isso vai mudar, pois ele vai fazer a AMAT funcionar. Ouvi falar que quem esta dentro é que não quer que ele ganhe, pois se o Hidelfonso ganhar o acordo é de não mexer com ninguém, quer dizer, continua como esta “Não funcionando”. Afinal, se a AMAT tivesse funcionado precisaria tentar dividir o Estado??

  4. Maria Neves

    15 de fevereiro de 2012 - 23:02 - 23:02
    Reply

    É isso ai JR…. SIM á entidade independente!

  5. Jailson Rodrigues (JR)

    14 de fevereiro de 2012 - 16:36 - 16:36
    Reply

    Primeiro o governador faz campanha contra os interesses dos prefeitos e dos munícipes da região em que a AMAT representa.
    Segundo o Governador intervem na disputa, dizendo de que lado está e mandando representante ( Itálo Mácula ) para fazer negociações a favor de seu candidato.
    Mas como percebeu a demostração da força dos líderes políticos nos municípios em que a AMAT representa, digo, aqueles que não se rendem a oferta governamentais para vender seu voto e seu povo. Agora vem com discurso de “unidade”, “pacto pelo Pará” para novamente tentar intervir na entidade, cuidado Prefeitos horem seus votos, dignifiquem a vontade de seus representados. Por fim entidade forte é entidade independente e não atrelada a qualquer governo.

  6. Maria Neves

    14 de fevereiro de 2012 - 15:34 - 15:34
    Reply

    É claro que o preferido do Governador é o Celso Lopes né, ele fez tudo que podia e o que não podia para eleger o preferido dele. Até por que ele sabe que o prefeito Hidelfonso é muito forte e enfrenta qualquer um. Mais seja feita a vontade de Deus!

  7. Antonio Torres Neves

    14 de fevereiro de 2012 - 11:31 - 11:31
    Reply

    Enquanto isso, no Estado do “faz de conta”, Maurino “vence” mais uma e Tião Miranda agradece. Afinal, se Maurino for candidato, chegará sangrando à campanha eleitoral.
    Acompanhe no link: http://www.quaradouro.blogspot.com/2012/02/maurino-fica.html

  8. José Carlos Sobrinho

    14 de fevereiro de 2012 - 11:19 - 11:19
    Reply

    Então tá… quer dizer que o Governador está preocupado com a divisão na AMAT? Por que? o que o governador tem a ver com as atividades da entidade municipalista? todos sabemos o que ele tá querendo. Cuidado Prefeitos. Cuidado.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *