Hiroshi Bogéa On line

Jatene aparece em sétimo lugar entre governadores que mais cumpriram promessas de campanha. Dino é o primeiro

Pesquisando na Internet sobre o desempenho da classe política paraense no cumprimento do mandato parlamentar, casualmente o blogueiro acessou o ranking das promessas  dos governadores dos 26 estados do Brasil, eleitos em  em 2014.

O levantamento realizado pelo site G1 ocorre anualmente e aponta o melhor e o pior gestor.

O governador Flávio  Dino  (PCdoB) aparece em primeiro lugar, com 91,89%  de mais promessas cumpridas nos três primeiros anos do atual mandato.

O governador do Pará,  Simão Jatene,  se coloca entre os sete primeiros  colocados, superado por Geraldo Alkmin, também do PSDB, de São Paulo, por apenas dois pontos e meio percentuais.

A pesquisa considerou programas na área da saúde, segurança, educação mobilidade urbana, infraestrutura e funcionalismo público, entre outras.

A avaliação está baseada na execução do Programa de Governo apresentado por cada candidato e registrado no TSE.

Como critério, foram somados os itens cumpridos e parcialmente cumpridos, excetuando os itens não cumpridos e dividindo-se pelo total de compromissos assumidos pelos governadores, obtendo a média da execução do que foi anunciado.

Desta vez, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) assume a liderança, atingindo 91,89% das promessas de campanha cumpridas, segundo o portal.

O veículo também considerou uma revolução feita por Dino à frente de uma gestão, ao promover avanços no momento em que o País vive sua pior crise econômica e política da história.

O governador do Pará tem amplas possibilidade de fechar seu terceiro mandato cumprindo todas as promessas feitas em campanha (resta 25% do que prometeu), faltando  oito meses de governo – e considerando que muitas obras  em andamento estão por serem concluídas.

A avaliação é da equipe técnica que efetuou a pesquisa.

Governadores com abaixo de 50% das promessas  feitas, estão definitivamente descartados honrarem suas palavras 0 entre eles, José Ivo Sartori  (RS),  Suely Campos (RR), Paulo Hartung (ES),  Rodrigo Rollemberg  (DF ), Reinaldo Azambuja (MS) Luiz Fernando Pezão (RJ) e  Marcelo Miranda (TO), este, inclusive, está cassado.

Veja a lista completa:

1 – Flávio Dino – MA – 91,89%

2 – Confúcio Moura – RO – 84,84%

3 – Raimundo Colombo – SC – 82,60%

4 – Marconi Perillo – GO – 81,81%

5 – Camilo Santana – CE – 80,00%

6 – Geraldo Alckmin – SP – 75,00%

7 – Simão Jatene – PA – 73,33%

8 – Paulo Câmara – PE – 66,66%

9 – Tião Viana – AC – 62,50%

10 – Waldez Góes – AP – 61,76%

11 – Wellington Dias – PI – 60,00%

12 – Beto Richa – PR – 59,21%

13 – Rui Costa – BA – 59,13%

14 – Jackson Barreto – SE – 57,37%

15 – Pedro Taques – MT – 56,52%

16 – Ricardo Coutinho – PB – 53,03%

17 – Robson Faria – RN – 52,63%

18 – Renan Filho– AL – 52,38%

19 – Fernando Pimentel – MG – 52,17%

20 – José Ivo Sartori – RS – 50,00%

21 – Suely Campos – RR- 48,93%

22 – Paulo Hartung – ES – 48,38%

23 – Rodrigo Rollemberg – DF 48,27%

24 – Reinaldo Azambuja – MS – 47,82%

25 – Luiz Fernando Pezão – RJ – 44,11%

26 –Marcelo Miranda –TO 16%

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *