Jatene anuncia R$ 12 milhões para Santarém

Por 16 horas, o governador Simão Jatene cumpriu nesta segunda-feira (20) uma extensa agenda em Santarém, município do oeste paraense, transformado até a próxima quarta-feira (22) em sede administrativa do governo do Estado. Durante o roteiro, o governador assinou convênios, anunciou investimentos, garantiu a continuação de obras que estavam paralisadas, encontrou-se com políticos e líderes comunitários e chegou a quebrar o protocolo da segurança, ao deixar o aeroporto, quando desceu do ônibus para conversar com cerca de 100 trabalhadores sem terra que faziam um protesto na Rodovia Fernando Guilhon.

Nesta terça-feira (21), Jatene se reunirá com prefeitos da região, lançará o Programa Municípios Verdes e anunciará a criação do Centro de Convenções de Santarém, entre outros compromissos.

A manifestação dos sem terra foi feita em nome de 3.500 famílias que reivindicam a criação de um assentamento na área de expansão da cidade. Jatene conversou com os líderes do protesto e comprometeu-se a ajudá-los no processo de regularização de terras. Em 10 minutos, aliviou a tensão e subiu novamente no ônibus, aplaudido pelos manifestantes.

A caravana, integrada por 13 secretários de Estado, parou no estádio Colosso do Tapajós para verificar as obras do Centro Poliesportivo, e seguiu para um canteiro da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), onde autorizou a liberação de recursos para a consolidação do empreendimento, que ampliará a capacidade de captação e distribuição de água, beneficiando 60 mil pessoas.

Leia mais

Fonte – Secom