Hiroshi Bogéa On line

Já está preso vereador suspeito de mandar matar radialista

O vereador de Bragança, César Monteiro, do PR, acusado de envolvimento na morte do radialista Jairo Sousa (foto), de 43 anos, foi ouvido nesta terça-feira, 20, na Divisão de Homicídios, em Belém. O delegado Dauriedson Bentes conduziu o depoimento do acusado. O depoimento durou cerca de 4 horas.

O crime aconteceu por volta das 5h do dia 21 de junho, quando Jairo chegava para trabalhar na rádio Pérola FM. Conhecido pelo estilo de comunicação excêntrico e destemido, ganhou muita antipatia por conta dos escândalos que denunciava, no meio da criminalidade e da política, segundo Fabrício Bragança, amigo de Jairo.

Na operação realizada em Bragança no dia 16 de novembro, sete pessoas foram presas e conduzidas para Belém.

O vereador (foto ao lado) estava foragido.

As investigações da Polícia apontam para a motivação do crime como uma forma de impedir as denúncias diárias apresentadas no programa do radialista contra a administração pública de Bragança e e de outros municípios vizinhos.

A morte de Jairo é o segundo caso investigado pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) dentro do Programa Tim Lopes.

César Monteiro será conduzido ao presídio Anastácio das Neves, pois tem mandado de prisão temporária expedido pela justiça na operação “Pérola”.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *