Hiroshi Bogéa On line

Invertendo avaliações

O zelo de nossos news-guardiões é de tanta expressão que o promotor da Justiça Militar foi ao limite de suas preocupações ao citar a estrutura do Graer montada em Marabá -, entre as diversas irregularidades detectadas. A sugestão de que os helicópteros e as equipes de serviço do grupamento poderiam ficar no quartel do 4º BPM, prescindindo do hangar alugado por R$ 4 mil, não tem amparo estrutural. O batalhão de Marabá já é pequeno para atender as demandas normais e os espaços disponíveis próximos ao campo de futebol também são exíguos para as manobras apresadas das missões militares. Haveria sempre o risco de expor a integridade física da corporação, conforme relata oficial consultado na manha deste domingo.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *