Inferno na torre

Publicado em 9 de setembro de 2007

Insuportável a sala de embarque do aeroporto de Marabá. Os climatizadores em pane não podem ser recuperados por falta de recursos, apesar dos passageiros pagarem taxa de embarque exatamente para a Infraero investir nos terminais aéreos, mas isso não ocorre no município.
O cubículo para o qual são mandados os passageiros na hora de embarcar nas aeronaves transformou-se num microondas.