Indústria de boatos

Publicado em 18 de junho de 2008

Como o prefeito demora a definir seu rumo político, pelo menos publicamente, a cada semana surgem boatos de acordo com a simpatia dos propagadores. Há 15 dias, espalhou-se a suposta indicação do deputado estadual João Salame (PPS) candidato preferencial de Sebastião Miranda (PTB).

Agora, a semana começou com o nome do vice-prefeito Ítalo Ipojucan (PDT) na berlinda, tudo isso antes do resultado da pesquisa encomendada ao Ibope pelo prefeito de Marabá.

Sebastião Miranda pode até já ter escolhido, no íntimo, o nome de quem anunciará como o candidato a prefeito de seu grupo, mas não disse ainda a nenhum dos dois postulantes públicos, Salame ou Ipojucan.

Certo mesmo, quem ele não apoiará: Asdrúbal Bentes (PMDB) e Maurino Magalhães (PR).

Há suspeitas, inclusive, de que o prefeito teria um nome diferente de todos os anunciados até agora. Essa probabilidade, pela natureza da disputa provavelmente super acirrada da eleição de outubro, é remota.