Incra: último a sair, apague a luz

Publicado em 4 de abril de 2011

 

Do comentarista Geraldo Abicali ao post  Cargos do interior saindo a conta gotas:

A superintendente regional do Incra em Marabá (SR-27), Rosinete Lima da Silva está desde fevereiro de licença maternidade. Mas será exonerada tão logo apareça na instituição. Seu substituto é Luis Bonetti, porém, segundo fontes internas, quem manda mesmo no pedaço é Luis Carlos Pies, nomeado chefe de gabinete de Bonetti.Pies, vale recordar, é marido da deputada estadual Bernadete ten Caten, já condenada por improbidade administrativa por problemas justamente à frente da SR-27.A situação, hoje, na “administração Carlos Pies” no Incra, ainda segundo fonte interna, vai de mal a pior. A superintendência está sem contrato de combustível e manutenção de viaturas (neste caso, devendo vários meses). Inclusive, tem carro do instituto que deu prego no meio da rua e teve de ser empurrado pelo próprio servidor que o utilizava em serviço.Digitadores contratados por empresa terceirizada estão sendo demitidos por Luis Carlos e substituídos por seus apaniguados.- Luis Pies anda frustrado, dizem as fontes. Queria, juntamente com Bernadete e Zé Geraldo, que o presidente nacional do instituto fosse Cássio Pereira, ex-secretário de governo da Ana Júlia, o que lhes daria cacife político na superintendência regional. Dilma Rousseff preferiu o ex-diretor do Incra Celso Lisboa, do Paraná, nomeado dia 25 de março, e seus sonhos de grandeza foram-se com a enchente.

—————–

Atualização às 13:31 de 04/04

Ademir Braz, em seu Quaradouro,  foi quem antecipou a saída da vereadora Toinha Carvalho (PT) do PT Pra Valer. Da forma como saiu no post acima,  o crédito do “furo” seria deste blog,  o que não é correto. Ocorre que o blogger passou a semana inteira ausente da blogosfera, cumprindo agenda fora da base, e pouco navegou entre os blogs favoritos, inclusive o do querido Ademir, não constatando a antecipação do  fato. 

Peço desculpas ao blogueiro e aos meus leitores.