Idosos preferem vacinar pela manhã, diz prefeitura de Marabá

Publicado em 5 de março de 2021

Durante o período da tarde, a procura de idosos a partir de 80 anos pela vacinação contra COVID-19 é considerada baixa em relação à manhã.

Informação chega até o blog através de release da Prefeitura de Marabá.

“Alguns idosos chegam a madrugar nas escolas, ansiosos pela imunização. Neste sábado (06), a vacinação estende-se para pessoas a partir dos 75 anos. Nesta etapa do plano de imunização as doses administradas são da Covishield, desenvolvida pela Universidade de Oxford, em parceria com o laboratório AstraZeneca”, diz a nota.

A enfermeira Mônica Bochart, diretora da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), lembra que na quarta-feira (3), o primeiro dia da vacinação de 80 anos foi marcado por ansiedade. No total, cerca de 558 idosos acima de 80 anos foram imunizados. Na quinta-feira (4), o movimento estava mais tranquilo, foram 245 doses.

“Peço para todos os idosos, acima de 80 anos se dirigirem aos pontos fixos, as escolas para fazer a vacinação, porque está tranquilo, principalmente no período da tarde, bem baixo o movimento”, solicitou Mônica Bochart, ressaltando que para os acamados é necessário o cadastro na Unidade Básica de Saúde.

“Se porventura alguém tem um acamado que a área é descoberta e não teve contato com a UBS, vá a Unidade Básica dê o nome e telefone e nós iremos vacinar, somente os acamados nesse momento”, sublinha a enfermeira.

São cinco pontos fixos de vacinação EMEF Judith Gomes Leitão (Marabá Pioneira), EMEF Irmã Theodora (Núcleo Cidade Nova), EMEF Jhonatas Pontes Athias (Núcleo Nova Marabá), EMEF Paulo Umbelino Ferreira (Morada Nova), EMEF Evandro dos Santos Viana (Núcleo São Félix).

Os documentos necessários são RG, CPF, Cartão do SUS e comprovante de residência. Os cadeirantes e pessoas com dificuldade de locomoção estão sendo vacinados no formato drive-trhu (através do carro), já outros pacientes acamados são imunizados à domicílio.