Idesp aponta queda do desmatamento no Pará

Publicado em 6 de março de 2013

 

 

Pesquisa divulgada pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do Pará (Idesp) afirma que, o desmatamento no Estado, tendo por avaliação, os dois últimos anos, apresentou queda, devido a políticas que trabalham contra essa ação, entre elas, Plano de Prevenção, Controle e Alternativas ao Desmatamento (PPCAD).

Programas envolvendo o Ministério Público e atuantes das cadeias produtivas também contribuem para essa redução, lutando contra o desmatamento voltado para exportação de produtos.

Em razão da geografia do Estado, o Pará sempre atuou como porta de entrada para a expansão de inúmeras atividades, favorecendo esse contexto triste de desmatamento, mostrando ser necessário a atuação de gestores municipais e estadual no combate dessa ação delituosa.

Consta que, 70,03% do desmatamento concentram-se em dez municípios, sendo eles, Novo Progresso, Trairão, Jacareacanga, Itaituba, Pacajá, Altamira, Ulianópolis, Cumaru do Norte, São Félix do Xingu e Portel.