Hiroshi Bogéa On line

IBGE libera números do Brasil

O IBGE publicou, nesta quinta-feira, 5, no Diário Oficial da União, o resultado do Censo 2010.

Até o final mês, pequenas alterações poderão ser registradas.

Recenseadores retornam aos domicílios que se encontravam fechados por ocasião da primeira visita.

A população do Brasil  foi elevada de 169.799.170, no Censo de 2000, para 185.712.715.

No Pará, o IBGE encontrou 7.443.904 pessoas residindo  em seu território.

Em 2000, a população do Estado era de 6.192.307.

O município de Marabá elevou seu universo demográfico de 168.020 pessoas para  uma população de 224.014.

Expectativa agora – mais importante – é aguardar os dados sobre indicadores econômicos-sociais.

——————–

Atualizãção às 16:31

Mais informações Aqui  e também Aqui

Post de 

5 Comentários

  1. Anonymous

    7 de novembro de 2010 - 03:36 - 3:36
    Reply

    Hiroshi, a questão não é, acho que ja beiramos x nº populacional, é confirmar na prática. Por Marabá todos os dias circula muita gente da região, isso cria uma certa análise na base do achismo. Mas, realmente há falhas no processo de buscativa em campo. Isso por diversos motivos, ausência da residência, dificuldades de acesso, …..
    Abçs.

  2. Anonymous

    5 de novembro de 2010 - 22:43 - 22:43
    Reply

    Hiro…na realidade acho que já beiramos e/ou ultrapassamos os 300 mil habitantes. Em 05.11.10. Marabá-PA.

  3. Anonymous

    5 de novembro de 2010 - 12:36 - 12:36
    Reply

    Ao anonimo das 16:09.

    O censo é tambem de carater social e não puramente de contar cabeças como se estivessimos em um curral.

    Fala somente do que vc entende senao pergunte com inteligencia.

  4. Anonymous

    4 de novembro de 2010 - 20:01 - 20:01
    Reply

    Das 16:00, a isso chamam de projeção.

  5. Anonymous

    4 de novembro de 2010 - 19:09 - 19:09
    Reply

    Tem treta nesse censo,pois como é que o IBGE já liberou resultado oficial,se o recenseador ainda está visitando residencias em alguns bairros centrais da cidade nova ? ÊHHH BRASILZÂO….

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *