Hiroshi Bogéa On line

Homem da grana

Tião Miranda e João Salame almoçavam na Estação das Docas, na tarde de ontem, acompanhados dos deputados Junior Hage e Adamor Aires, quando chegou o deputado Asdrúbal Bentes.
O deputado estadual do PPS cumprimentou o federal dizendo que naquele momento estavam falando no nome dele.
O prefeito de Marabá completou:

– Estava contando aqui que terminei de assinar mais um convênio de R$ 1 milhão conseguido por você para Marabá, Asdrúbal.

Post de 

8 Comentários

  1. João Salame

    26 de janeiro de 2008 - 21:21 - 21:21
    Reply

    Meu caro anônimo das 9:19. Não tive as contas rejeitadas. O processo está no TSE onde tenho certeza da vitória. Aliás, o meu caso é idêntico ao dos deputados Gerson Peres e André Dias. Tivemos uma pequena mídia (minúscula mesmo) publicada a título de cortesia pelo Jornal O Liberal durante a campanha. Falhamos ao não informar no prazo essa mídia. Só que, alertados pelo TRE, o fizemos através do instrumento legal e pertinente da retificadora. Sem falar que os valores da mídia, se tivesse que ser cobrada, não chegam a 2% do valor da receita que recolhemos durante a campanha. Ou seja, pelo fato de termos recorrido a tempo e pela insignificância do valor, o que afasta a tese do abuso de poder econômico, nossas contas deveriam ter sido aprovadas. O TRE não entendeu dessa forma. Mas há jurisprudência farta em todo o País consolidada pelo TSE. Daí acredito que esse equívoco será corrigido.
    Sem falar que o Ministério Público, após a decisão do TRE, não pediu a cassação de nossos diplomas. E não há mais prazo legal para iso. E se o TSE entender que estamos errados, o que não acredito, a ação volta ao TRE para que seja aberta uma investigação judicial para verificar se houve ou não abuso de poder econômico. Convenhamos, não é o caso.
    Mais dia menos dia essa questão estará equacionada. Tenha certeza.
    Abraços

    João Salame

  2. Anonymous

    26 de janeiro de 2008 - 11:06 - 11:06
    Reply

    hiroshi te mandei um furo e vc nem aí, o prefeito tá afastado pela juíza pissolati de marabá

  3. Anonymous

    26 de janeiro de 2008 - 02:11 - 2:11
    Reply

    ei hiroshi, tá correndo boato de cassação/afastamento do Tião, é vero?

  4. Anonymous

    26 de janeiro de 2008 - 00:19 - 0:19
    Reply

    é uma pena gersina que este teu candidato não deve ser candidato à prefeito, por causa das laqueaduras; o salame por casa das contas rejeitadas e a bernadete por causa da improbidade administrativa, só sobra maurino, nagilson e ítalo
    rs rs rs rs rs rs

  5. Anonymous

    25 de janeiro de 2008 - 20:11 - 20:11
    Reply

    olá Hiroshi,
    quero dizer a você que o brilhante Deputado Asdrubal Bentes tem a fama de trazer recursos para Marabá, porém, ele não faz mais que sua obrigação, e digo mais, ele deveria trazer recursos para o Estado todo, uma vez que foi eleito Deputado Federal para representar o ESTADO DO PARÁ.

    abraços!
    E parabéns pelo sucesso do blog.

  6. João Salame

    25 de janeiro de 2008 - 15:09 - 15:09
    Reply

    Você é terrível Hiroshy. Sabe de tudo. Só uma correção. Quem falou do convênio ao Asdrúbal também fui eu, depois reforçado pelo Tião. Registre-se: independente dessas especulações sobre candidaturas a prefeito que podem nos colocar em campos opostos (espero que isso não aconteça), pessoalmente gosto do Asdrúbal e nossa relação é das melhores. Também acho que ele é um excelente deputado.
    Vou te contar uma: o governador Simão Jatene me prometeu apoio total para que eu saísse candidato a deputado federal nas últimas eleições. Se eu tivesse aceito é provável que não me elegeria e talvez tirasse do Asdrúbal, em Marabá, os votos necessários para garantir sua reeleição. Eu consultei o Tião Miranda e o Italo e, juntos, tomamos a decisão de que eu deveria ser candidato a estadual para não atrapalhar o Asdrúbal. Deixamos de lado as diferenças da disputa municipal para garantir a eleição de dois deputados. A vida demonstrou a justeza de nossa decisão.
    Abraços

    João Salame

  7. Anonymous

    25 de janeiro de 2008 - 13:12 - 13:12
    Reply

    Se o deputado federal Asdrubal Bentes faz tanto por Marabá em Brasília, então, por que tirá-lo da Câmara Federal? Parece-me o caso do homem certo no lugar certo. Ou melhor: por que trocar o certo pelo duvidoso?

    Antonio Fernando

  8. Anonymous

    25 de janeiro de 2008 - 12:27 - 12:27
    Reply

    Olha eu sempre disse que o Asdrubal é um deputado que faz por Marabá o que nenhum político até hoje fez. O que eu leio nos jornais desse moço levando recursos para a cidade dele é impressionante. Acho que ele merece ocupar a prefeitura para mostrar sua competencia também no executivo.
    Sou fã do deputado.
    Graça Gersina Santos
    Belém

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *