Hidrovias do Brasil começa a impactar

Publicado em 31 de janeiro de 2012

 

O trânsito de pedestres pela  estrada que dá acesso a antiga chácara do empresário Daniel Franco, às margens do rio Tocantins, e que pertencia, enteriomente, ao já falecido  ex-prefeito de Marabá Geraldo Veloso, foi fechado.

A nova dona do imovel, empresa Hidrovias do Brasil, determinou a proibição de tráfego pela área, hostoricamente usada pelos moradores da Vila São José.

Transforma-se, assim, no primeiro impacto de tantos outros que o porto a ser construído no local provocará na vida dos habitantes do distrito.

Blog alerta Ministério Público  para a necessidade de monitorar os passos dessa empresa em sua relação com os moradores da Vila São José, exigindo da mesma investimentos em compensações aos impactos que o porto levará ao cotidiano dos moradores da localidade.