Hiroshi Bogéa On line
Post de 

5 Comentários

  1. Karla Muaés

    14 de agosto de 2011 - 23:05 - 23:05
    Reply

    A tão sonhada hidrovia pode até congelar, por culpa dos nossos dignissimos representantes politicos que nada fazem para garantir as verbas necessárias. E nossa culpa também , porque continuamos a votar neles.
    Se milhões estão sendo disperdiçados na preparação da Copa, milhões também irão pelo ralo na organização deste inevitável e tragico plebiscito. Valor este, que seria fundamental para nossa 163.
    Nao se iludam carissimos, que a criação do Tapajos mudará esta situação. NÃO! VAI MUDAR!!
    Até resolver quem vai asssumir esse ou aquele cargo, vamos penar muito e atrasar de forma irremediável nosso desenvolvimento.
    Te informa sobre os estudos feitos pelo IPEA~e pelo IDESP sobre novos estados. Estuda , caramba! E ainda tem gente que acha que os tecnicos estao inventando dados, pode isso? Entra no site deles e veja como sao estudos sérios…
    Vamos nos unir pra brigar pelo fim da Lei Kandir que nos provoca tanta sangria financeira , isso sim! Vamos nos unir pra acabar com a roubalheira de verbas publicas que tanta falta fazem para melhorar nossa saúde, nossa infraestrura e educação.
    Antes de reclamar da ausencia do governo estadual na nossa região , dá uma pesquisada no que esta sendo feito e compara com o Estado do Amazonas , por exemplo! Temos mais estradas, mais municipios com faculdades, hospitais, escolas tecnicas, hemopas, etc..etc.. Em compensação, infelizmente, nao temos “Simãos Jatenes e Eduardos Bragas “suficientes para atingir de forma igual todas as regioes. Alias nenhum Estado brasileiro tem essa unaminidade. Sempre teremos, em todo mundo, cidades mais ou menos desenvolvidas. Vai dos moradores escolherem bons representantes politicos, porque sao eles que escrevem as leis e que trazem verbas federais, por meio de emendas parlamentares. Justamente o que nos falta!
    NÃO vote com emoção ! Vote baseado em informação séria !
    Ai sim , com consciência, tu podes reclamar da paralização desta ou daquela obra.

  2. Hudson Jr

    12 de agosto de 2011 - 19:47 - 19:47
    Reply

    Quer dizer que gastar 30 milhões num sorteio da copa não tem congelamento? Isentar mais de 400 milhões para construção de um estádio não tem congelamento?

    É meus amigos, a cada dia que passa vejo que o Brasil NUNCA vai chegar perto de ser país de primeiro mundo. Pode ter certeza de uma coisa, se aqui morassem Americanos, Japoneses ou Europeus eles estariam bilhões anos-luz na nossa frente.

    Será se meus netos verão um governo decente? Porque eu não vejp.

  3. Gilberto leite

    12 de agosto de 2011 - 11:17 - 11:17
    Reply

    Prezados amigos, volto a afirmar: Eclusas prontas sem Hidrovia não tem sentido! A Hidrovia, obrigatoriamente, vai estar pronta em 2014, por que hoje não? Primeiro, o porto de Barcarena está no limite de sua capacidade, principalmente o Pier 3. Por outro lado, não temos nada a transportar até 2013, portanto, esta questão de congelamento, contigenciamento e etc., são posições de Governo. No momento, cabe a nós, sociedade civil, nos mobilizarmos novamente, e trazer o Governo para o debate. Priorizar nossas necessidades que não se resumem somente à Hidrovia, o que já está sendo novamente priorizado. Gilberto Leite

  4. jose n. filho

    12 de agosto de 2011 - 10:40 - 10:40
    Reply

    Caso confirmado esta informação, veremos o real interesse do governo federal com nossa região, congelar uma obra de desenvolvimento para toda uma região e investir bilhões em construções de estádios particulares na região sul e sudeste.
    Esse é mais um motivo de lutarmos com todas as forças pela criação dos estados de Carajás e tapajós, e mostrarmos que aqui tem trabalhadores e que precisamos dos investimentos do setor público!

  5. Claudio Pinheiro Filho

    12 de agosto de 2011 - 09:49 - 9:49
    Reply

    Gastos obrigatórios e sóbrio, com responsabilidade. Onde? Aqui?! Rsrsrs
    Como exemplo, poderiam usar a Copa do Mundo. Estádios superfaturados, com dinheiro público brincando de “pira”. Mas claro, os monumentos esportivos são de grande valia para o desenvolvimento da nação, irão mudar e muito nossas vidas. Para pior, é claro!
    Suscitar que uma obra dessa envergadura não é extremamente necessária para o desenvolvimento do País, principalmente para o Norte do País, é brincadeira!
    Não temos o reconhecimentoe e o “peso” devido na Capital Nacional. Pelo menos, isso fica claro em atitudes com essa.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *