Hiroshi Bogéa On line

Gulag Tropical

A História Censurada (O Pará dos nossos dias). Este é o título do novo livro de Lúcio Flávio Pinto, com lançamento confirmado para esta terça-feira, 28. Na obra, o jornalista reafirma tudo o que já foi dito em edições do Jornal Pessoal sobre a história das Organizações Rômulo Maiorana, tido como maior grupo de comunicação do Norte do Brasil, por sua afiliação à Rede Globo, a terceira maior rede de televisão do mundo.

A publicação faz incursões, inclusive, a recente decisão do juiz Raimundo das Chagas Filho que proibiu LFP de citar os nomes da família Maiorana no Jornal Pessoal, condenando-o, também, , ao pagamento de 30 mil reais de indenização aos irmãos Romulo e Ronaldo Maiorana, mais acréscimos que elevam esse valor a R$ 40 mil.

“A História Censurada (O Pará dos nossos dias)” é mais uma reação corajosa de Lúcio a todo tipo de ação voltada à quebra da legalidade, ética e moral públicas.

O livro diz um não a esse Gulag ao tucupi.

Post de 

2 Comentários

  1. Anonymous

    27 de julho de 2009 - 22:05 - 22:05
    Reply

    Gostaria de saber se Lúcio Flávio algum dia trabalhou para os Maioranas, de forma direta ou indireta.

    Se trabalhou: Tá!

    Se não trabalhou: Tá!

    Noutra oportunidade, de acordo com a resposta de alguém que conheça as andanças profissionais de Lúcio e ainda dentro deste post, concluo meu comentário.

    Isso se nenhum Gulag estiver por perto.

  2. Anonymous

    27 de julho de 2009 - 20:46 - 20:46
    Reply

    Eu queria vêr se o Lúcio Flávio ficasse a vida inteira expondo a familia de vcs no jornal Pessoal, se as digníssimas pessoas q tanto o defendem, estariam com pena dêle, é muito fácil criticar a família dos outros!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *