Hiroshi Bogéa On line

Grupo Yamada “entra de sola”

 

 

O Grupo Yamada deu um  “chega-pra-lá” na concorrência, ao mostrar a força de sua marca durante a programação de Abril do Centenário de Marabá.

Além de participar com um dos maiores valores do pool de patrocinadores dos shows realizados, o conglomerado definiu território ao desenvolver pesada campanha de  merchandising durante os oito dias de eventos.

Foi jogo bruto, em toda a extensão da orla.

O próprio vice-presidente do grupo, Fernando Yamada, fez questão de participar das festividades, fazendo, inclusive, pronunciamento, no palco de eventos do bairro Santa Rosa, na noite de apresentação da dupla, César Menotti e Fabiano.

Rachel Horiguchi, gerente de Marketing, também esteve presente na cidade durante cinco dias, delimitando área de atuação para planejar futuras campanhas publicitárias.

Pelo que se observou nas últimas horas, o Grupo Yamada corre contra o tempo, depois da entrada agressiva do Grupo Mateus, do Maranhão, em Marabá.

O Plaza Yamada deverá ser inaugurado no  segundo semestre.

 

Post de 

14 Comentários

  1. Israel cardoso

    26 de julho de 2013 - 22:21 - 22:21
    Reply

    Gostaria de trabalha com voces como eu faço para enviar meu currículum e ser contratado mais rápido possivel

  2. wesllem

    8 de maio de 2013 - 22:12 - 22:12
    Reply

    q seja bem vindo o grupo yamada em marabá…fico feliz pq a cidade é um otimo lugar pra se invertir…torcer pra q de tudo serto… e não aconteça o mesmo q aconteceu com a alpa.

  3. wesllem

    8 de maio de 2013 - 22:08 - 22:08
    Reply

    q seja bem vindo o grupo yamada em marabá…fico feliz pq a cidade é um otimo lugar pra se invertir…torcer pra q de tudo serto… e não aconteça o mesmo com a alpa.

  4. Felipe Augusto Soares

    30 de abril de 2013 - 13:46 - 13:46
    Reply

    Tive experiência nada agradável três vezes nesse Matheus,preço acima do valor mostrado na prateleira,queijo minas fora da validade,e o pior,ao passarem suas compras verifiquem se não tem nenhum item a mais pois comprei um saco de pão e cobraram três assim não bolso que aguente,já a Yamada não é somente Supermercado está vindopra Marabá o YAMADA PLAZA é o que há de mais completo no varejo de alimentos eletrodomésticos,cama mesa e banho,vestuário em geral e ainda com parcelamentos que ninguém no Pará consegue fazerigual somente Casas Bahia,estamos te aguardando YAMADA.

  5. anonimo

    25 de abril de 2013 - 20:24 - 20:24
    Reply

    os agentes do DMTU agem com imprudencia. pois havia um carro bem estacionado no canto de uma virada q da acesso aos onibus,e um onibus qerendo passar qando apareceu o dono do veiculo,e o agente só olhando aqilo sem tocar uma palavra com a pessoa.nem deu as minimas p motorista do onibus reclamando.isso acontece todos os dias em maraba. a maioria sao novatos e se acham vestidos naqeles trajes dmtu.nao faz nada.

  6. anonimo

    11 de abril de 2013 - 07:54 - 7:54
    Reply

    capitão emete cuidado para esses agente não sujarem a sua imagem vc e homem serio

  7. Anonimo

    10 de abril de 2013 - 23:10 - 23:10
    Reply

    Jorge siqueira, essa tal tecnologia a que voce se refere reslmente existe, mas ainda está em fase experimental nos EUA, mas não chegará tão cedo, ainda mais no y. Yamada. E outra, espere mais pelo Lider, supermercado muito superior ao Yamada, já morei em Belém e conheço todos eles.

  8. Ely

    10 de abril de 2013 - 16:08 - 16:08
    Reply

    Alguém pode me confirmar se o Grupo Lider também virá?

    Gostaria também de registrar que estava sendo feito feito, no dia do show do Zeca Pagodinho, um bloqueio de ruas pelo DMTU, naquela via mais larga que antecipa a colonia Z30 pra quem vinha por tras do palco, e tinha um sujeito cobrando 10 reais pra entrar sob as vistas dos agentes – “vamo, vamo, rapidinho 10 reais ai pra entrar” – ele falava, e no final do show cadê o sujeito e a via estava aberta, sinceramente parecia pedagio feito com o consentimento e participação dos agentes do DMTU, assim não dá!!!!

  9. Jorge Antony F. Siqueira

    10 de abril de 2013 - 08:30 - 8:30
    Reply

    Cada um com sua preferencia. A concorrencia proporciona isso. Os orientais e seus descendentes( no caso, Y. Yamada) vão ter a minha preferencia quando da inauguração de suas lojas, pela seriedade, precisão, organização e agilidade. Ouví dizer que, afora outros setores internos do Híper do grupo, tecnologia recem adquirida será aplicada nos “caixas” quando da passagem de carrinhos com os produtos adquiridos pelo consumidor, melhorando em torno de no mínimo, 50 % a agilidade em comparação aos atuais sistemas. Ora, acontecendo isso, o reflexo imediato será de melhor e maior performance no faturamento da empresa. Já tive experiencia negativa com o Matheus, quando peguei produto na gôndola com um preço e ao passar no caixa era outro com majoração em torno de 20 %. Lá não volto. 10.04.13, Mba.-PA.

  10. Anonimo

    9 de abril de 2013 - 19:36 - 19:36
    Reply

    O grupo yamada é um grupo muito forte e não vejo um entrave a vinda desta rede pra Marabá, até porque quem conhece a yamada sabe que seus supermercados e lojas são enormes e além de muita variedade de produtos… Quem ganha somos nós moradores de Marabá que ficamos muitos anos sendo atendidos apenas por quitandas! ACORDA POVO P O DESENVOLVIMENTO!!!

  11. Albertina

    9 de abril de 2013 - 17:31 - 17:31
    Reply

    É isso ai Fábio, concordo com você, o yamada ja tem terreno em Marabá ja fazem 10 anos e nunca entraram aqui. Agora porque viram o sucesso do Mateus querem acordar. Mas ja é tarde, o mateus ja está no coração da gente mesmo. E ainda vem o Lider com seu hiper luxuoso para conquistar os mais abonados.

    Tchau Y.Yamada.

  12. anonimo

    9 de abril de 2013 - 07:48 - 7:48
    Reply

    o nome do agente do DMTU e zimmer

  13. Fabio Cruz

    8 de abril de 2013 - 20:09 - 20:09
    Reply

    o Mateus teve mais coragem pra entrar em Marabá. O Yamada agora está indo de carona no sucesso do Mateus. O Mateus já está no coração da nossa gente marabaense.

  14. anonimo

    8 de abril de 2013 - 12:24 - 12:24
    Reply

    hiroshi estou usando este espaço para alerta o agente do dmtu, que no dia do shou do djavan conduzia a caminhonete de chapa 3858 ,do referido orgão a mas de 80 KM por horas em plena rua marechal deodoro velha marabá ele poderia da exemplo para poder cobrar dos outros , em outra oportunidade vir o mesmo todo cheio de moral combrando dos condutores o exemplo que ele não dá pense bem agente vc e uma pessoa pública sempre sua postura vai esta sendo observada por alguém tá

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *