Hiroshi Bogéa On line

Greve dos bancários sem previsão para terminar

Os bancos de Marabá e de todo o país continuarão com suas portas fechadas nos próximos dias.

Pelo menos é essa a expectativa do comando de greve nacional, ao decidir em assembleia continuar com o movimento paredista, que já dura 28 dias.

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários no Estado do Pará informa que o movimento vai continuar, sem que haja previsão  nova rodada de negociações com a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban).

Levantamento do comando de greve no Pará dá conta que 87% das cerca de 440 agências e postos bancários estão fechados apesar de a categoria manter os serviços essenciais para a população como o de compensação.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *