Hiroshi Bogéa On line

Gostando de imundice

Com fotos ilustrando a pocilga, Alcinéa Cavalcante desnuda a situação de algumas ruas de Macapá, constantemente sujas pela própria comunidade. O que ocorre lá, repete-se em Belém, Marabá e demais cidades do Estado. Não tem programa de limpeza pública capaz de apresentar resultados diante de gente amante da sujeira. Sem educação doméstica, nenhum governo conseguirá vencer esse grave problema urbano.

Post de 

6 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    6 de janeiro de 2008 - 14:56 - 14:56
    Reply

    2:45 PM, não tem outra saída. Aliás, essa é a mais prática, porque fiscalizada pelo eleitor. Se o povo colocar as pessoas certas na prefeitura e Câmara, a coisa anda mais reta.

  2. Hiroshi Bogéa

    6 de janeiro de 2008 - 14:55 - 14:55
    Reply

    7:31 PM, você demonstra estar bem informado das coisas do Pebas. Realmente, 1 Bilhão é grana nada desprezível pra gabiru nenhum arrumar uma cidade do tamanho do seu município. Até porque o atual prefeito pegou a cidade com bastante serviços executados nas áreas urbana e rural.

  3. Hiroshi Bogéa

    6 de janeiro de 2008 - 14:52 - 14:52
    Reply

    Vocë tem razão, Alcinéa. Mexer no bolso é o caminho mais prático para se combater essas mazelas urbanas. Basta exigir cumprimento do Código de Postura.

  4. Anonymous

    5 de janeiro de 2008 - 17:45 - 17:45
    Reply

    Em Parauapebas,

    É comum tu presenciar pessoa que
    abre o vidro do veículo e joga (1)
    uma lata de cerveja skol, coca-
    cola, saco de pipoca, etc…
    Para que tenhas uma idéia do
    tamanho da falta de educação da
    nossa população, a ex-prefeita e
    atual “DF” Bel Mesquita (PMDB-PA),
    colocou nas ruas do nosso Pebas
    mais de 100 (cem) lixeiras, o
    mesmo aconteceu com o atual
    prefeito Darci – só que as 200
    (duzentas) lixeiras – já foram
    todas destruídas.
    Aqui não se respeita o Código de
    Póstura, pois as calçadas dos
    Supermercados Alvorada e Farturão
    são utilizadas para colocação de
    carros de supermercados, enquanto
    que em frente das Churrascarias
    Gaucha e Serve Bem, bem como em
    frente das Padarias Pão Nobre e
    Mister Pão – são para colocação de
    mesas e cadeuras, proibindo a
    livre passagem dos cidadãos,tendo
    que andar pelo meio da Rua para
    concorrer também com vanzeiros,
    motoristas e moto-taxistas –
    também sem edução -.
    Seria oportuno, que o Ministério
    Pública de Parauapebas tomasse as
    devidas providências, com relação
    a este assunto, já que o prefeito
    Darci (PT) e todos os vereadores
    que fazem parte da Câmara de
    vereadores do Pebas não estão nem
    aí para o desconforto de ninguém,
    pois todos andam em veículos com
    portas fechadas e condicionados
    ligados e só vão andar de vidros
    baixos a partir de 2008, pois é
    ano de eleição para prefeito e
    vereador, respectivamente.
    CÓDIGO DE PÓSTURA NO PEBAS – É
    COISA DO OUTRO MUNDO – NINGUÉM
    SABE E NINGUÉM VIU.
    Vamos todos nós eleitores deste
    Município – ficarmos atento para a
    escolha de candidatos a prefeito
    e vereador -, pois depois de
    eleitos: É SÓ MORDOMIA PARA TODOS,
    INDEPENDENTEMENTE DE COR
    PARTIDÁRIA.

  5. Anonymous

    3 de janeiro de 2008 - 22:31 - 22:31
    Reply

    Hiroshi,

    Que me dizes de um gestor com um orçamento municipal, nesses 3 anos, que beirou o bilhão e que sequer se dignou a fazer um metro de saneamento, veja bem, falei 1 (um) metro não falei 1 (um) quilômetro, esse é o atual panorama em Parauapebas.

    A despeito disso, vamos reconhecer, a cidade estava linda nesse Natal, porém sem água na torneira e com a dengue campeando em todos os quintais.

    O prefeito vive no mundo da lua, claro, aconselhado por uma nova trupe de marqueteiros.

    Mudou até o mote da administração e agora é: A PREFEITURA FAZ POR VOCÊ. Dizem as más línguas que nos bastidores o mote é o seguinte: O PREFEITO RI DE VOCÊS.

    O cara acredita que passando 3 anos sem nada fazer chegará no ano eleitoral e encherá a cidade de placas e de boas intenções que estará reeleito. Pra ele isso é automático.
    A reeleição, para Darci Lermen-PT, é uma obrigação do povo de Parauapebas para com o seu desgoverno. Ele acredita que o povo tá em dívida com ele. Ele acredita que o povo por ter reeleito a BEL têm o dever de reelegê-lo também.

    O cara é um voador. Aposto num poste contra ele.

  6. Alcinéa Cavalcante

    3 de janeiro de 2008 - 16:25 - 16:25
    Reply

    Meu caro Bogea,
    Se os prefeitos fossem limpos eles multariam os moradores que transformam as cidades em verdadeiras pocilgas, acontece que a maioria deles, prefeitos, também gosta – e muito – de sujeira, em todos os sentidos.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *