Golpes e contragolpes

Publicado em 29 de julho de 2014

 

 

No blog do Jeso:

A movimentação da comissão que está à frente do Movimento Pela Criação do Estado do Tapajós [ICPet] não está sendo vista com bons olhos por alguns empresários santarenos.

Eles confidenciaram à coluna que há um movimento para se arrecadar recursos junto ao funcionalismo público com desconto em folha e com a anuência do servidor.

No entanto, os empresários cobram a prestação de contas da campanha feita ainda no plebiscito em 2011. Houve muita contribuição e a votação no município foi gigantesca pelo “Sim”, mas até o momento nenhuma nota fiscal da prestação de contas foi apresentada.

——–

Nota do blog: e aqui no Sul/Sudeste – excluindo a coordenação oficial da Campanha Pró-Carajás, que prestou conta do que contabilizou -, para onde foi o dinheiro arrecadado por algumas “comissões”  criadas ao bel prazer de cada interessado?

Patifaria de primeira magnitude.