Hiroshi Bogéa On line

Giovanni esclarece doação

Val-André, assessor de comunicação do deputado federal Giovanni Queiroz (PDT), a propósito de matéria publicada no site Congresso em Foco citando o parlamentar como um dos políticos beneficiários de doação da chamada “Lista Suja”, esclarece:

1- A doação à campanha do deputado foi devidamente declarada e a prestação de contas de sua campanha foi aprovada sem ressalva s pelo TRE-PA;

2- O deputado não tem qualquer ingerência na conduta administrativa da empresa Simara – Siderúrgica Marabá S/A;

3- O deputado não apóia a prática do trabalho escravo e não tinha conhecimento a época da campanha, que a referida empresa constava em qualquer lista que desabonasse sua conduta.

Post de 

3 Comentários

  1. Val-André Mutran

    4 de outubro de 2007 - 04:19 - 4:19
    Reply

    Anônimo das 3h39. Eu não discuto com anônimos. Mas vamos lá. Por favor, se intere do que diz. A rigor não existe juridicamente a figura do trabalho escravo. A tipificação é trabalho degradante.

    As siderúrgicas não são responsáveis diretamente pela produção ilegal de carvão. Essa é consequência de falta de fiscalização desde a origem, ou seja, na implentação da planta industrial. A cadeia produtiva é a mais poluidora da escala que verticaliza a produção mineral que, a rigor, só agora o governo, que é o concessionário da atividade, acordou para os danos ocasionados.

    Todo esse processo está sendo discutido judicialmente.

    Há uma série de acordos e protocolos assinados e que as autoridades dos órgãos governamentais só agora estão fiscalizando.

    Não chame de criminoso quem você não conhece.

    Não seja leviano escondendo-se no confortavel e irresponsável anonimato.

    Seja homem. Mostre sua cara, revele seu nome pois, o que se discute aqui é futuro de nossa região e caminhos para uma legislação humanamente justa e ambientalmente correta.

    E antes que me esqueça. Vá contar quantos carros passam em frente a sua casa todo dia.

  2. Anonymous

    3 de outubro de 2007 - 18:39 - 18:39
    Reply

    De qualquer forma recebeu dinheirom não importa se para justiça eleitoral foi legal o ato, o que importa é que nesse caso ajuda a manter o processo de escravidao e trabalho degradante.

  3. Val-André Mutran

    3 de outubro de 2007 - 01:32 - 1:32
    Reply

    Agradecemos a publicação da nota e o deputado Giovanni Queirozes tá à disposição para qualquer esclarecimento que o editor do blog achar necessária.

    Assessoria de Comunicação do Deputado Federal Giovanni Queiroz

Leave a Reply to Val-André Mutran

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *