Gestão em xeque

Publicado em 16 de janeiro de 2008

Projeção de empresário de Marabá a respeito do sucessor de Tião Miranda:

– Terá o grande desafio de consolidar o conceito de gestão fiscal em vigor desde 2002, e ampliar a infra-estrutura urbanística espalhada no município pelo atual prefeito. Se for querer usar o dinheiro para fazer filantropia, se estrepa.

Ou se afoga nas águas tocantinas.