Hiroshi Bogéa On line

Geraldinos rubro-negros

A contratação de Ronaldinho, pelo Flamengo, é pra festejar ou ficar cabreiro?

Como desde os tempos de Barcelona o atleta gaúcho não demonstra interesse pela bola, trocando-a por longas baladas até à véspera de jogos, sensatos rubro-negros, como o poster, devemos ficar com  dois pés  atrás.

Post de 

4 Comentários

  1. Hiroshi Bogéa

    12 de janeiro de 2011 - 22:35 - 22:35
    Reply

    Querido Antonio. Tomara, seja assim. O Flamengo tem um patrimônio que raríssimos clubes no mundo possuem: sua torcida. Vamos ver se o Ronaldo se encaixa profissionalmente nesse projeto, e a diretoria saiba explorar à exaustão sua potencialidade. Abs

  2. Anonymous

    12 de janeiro de 2011 - 22:15 - 22:15
    Reply

    Hiroshi
    Vai dar certo.Há muito o MENGÃO precisava de um grande tranco no aproveitamento de sua marca fantástica.Lá tudo é paixão ,voce sabe,mas com os pés no chão também é muito bom para o clube:juntos MENGÃO e Ronaldinho devem trazer além de títulos,mercado onde novas contratações fiquem nesta vitrine agora mundial.Como dizem no Nordeste:Pense!!Antonio Pinheiro

  3. Anonymous

    12 de janeiro de 2011 - 10:38 - 10:38
    Reply

    Não basta ter visão,tem que saber enxergar,e voces dois o bloger e gilson;saibam que ronaldinho vai jogar muita bola sim,pois seu objetivo é a copa de 2014,dito por ele mesmo,agora ;é uma contratação voltada para o marketing:bilheteria em amistosos,venda de camisas,contratos de publicidade,etc O bloger deveria ter olhos para esse detalhe. Risco …? há em qualquer negócio. Concordam ?

  4. Gilvandro Oliveira

    11 de janeiro de 2011 - 13:15 - 13:15
    Reply

    Se for prá jogar essa bolinha que tá jogando ultimamente, sinceramente como flamenguista acho que não foi uma boa… agora se guizer jogar pra valer, partir prá cima e decidir, ai vai valer a pena.

    É muito dinheiro caindo na conta todo dia… acho dificil ele meter a perna em dividida… vai cair pela esquerda passar a perna por cima da bola e fazer lançamento e nada mais… não acredito muito, tomara que surpreenda.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *