Hiroshi Bogéa On line

Gabirus engravatados

 

Falta de decoro e desrespeito à Constituição não são doenças degenerativas a corroer apenas a Câmara Municipal de Marabá.  Em Belém, essa enfermidade crônica está muito  bem personalizada na figura  do vereador Garvásio Morgado (PR).

O caratonha representa o que há de mais peçonhento  no legislativo da capital.

Se juntarem ele e mais uns seis vereadores de Marabá, o circo de escândalos e patifarias faria sucesso em qualquer arena de iguais.

Como se o local fosse cabaré de quinta categoria, Gervásio já foi flagrado bebendo cerveja  em plena sessão da Câmara, além de ser autor  da criminosa frase “quem não mandou estudar”, ao discursar sobre a profissão de pedreiros arriscando a vida nas construções de elevados prédios.

Post de 

3 Comentários

  1. Anjo vingador

    2 de junho de 2011 - 15:33 - 15:33
    Reply

    Estou contando as horas paras os vereadores de Tailândia, serem afastados pelo MP. Isso vai ficar na história de nosso Municipio.

  2. Franssinete Florenzano

    8 de abril de 2011 - 02:51 - 2:51
    Reply

    Hiro, o quase ex-vereador Gervásio Morgado é um exemplo da vergonha nacional nas câmaras Municipais. Ainda bem que, no mais tardar, ano que vem ele sai da vida pública. Pode apostar.
    Beijo!

  3. Anônimo

    4 de abril de 2011 - 16:28 - 16:28
    Reply

    O caminhão baú que transportar os 6 vereadores de Marabá para Belém, dê uma paradinha em Tailândia, e inclua mais 8 vermes sanguessugas neste pacote e pode despejar num depósito que tem na Av. Almirante Barroso, bem embaixo de uma passarela em frente ao exército. Este comboio deverá ser conduzido pelos batedores do jornal O LIBERAL, DIÁRIO DO PARÁ; RECORD; SBT; e todos os Blogueiros do Pará. Quem sabe assim o MP acorda e faça cumprir o seu verdadeiro papel.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *