Funcionários garantem existência de “assombração” em hospital público

Quem informa é o Portal do Marajó:

No último sábado, 9, um caso curioso e digamos que “sobrenatural”, chamou atenção no hospital público e municipal de Chaves, no arquipélago do Marajó, no Pará.

 

Um funcionário que estava de plantão no local teria feito um registro de uma situação estranha e assustadora que ocorreu na noite do dia 9.

Conforme relatos da própria direção do hospital, o trabalhador estava passando no corredor das enfermarias, quando em um certo momento se deparou com uma figura estranha que se assemelhava a imagem de um homem, junto à uma parede do corredor.

Assustado e também curioso, ele teria conseguido fazer um registro da tal “aparição” para confirmar que teria visto algo, ou alguém e mais tarde poder ter como provar.

Assim que confirmou que o que tinha visto era real e “sobrenatural”, o funcionário teria ido mostrar à equipe plantonista da unidade, que foi de volta até o local verificar se a imagem poderia ser o reflexo ou talvez a sombra de algum objeto.

Só que ao chegarem no local, para surpresa e espanto de todos, não era.

E não tinha mais nada no lugar da aparição, além disso, eles conseguiram constatar que não poderia ter reflexo naquele local.

“Há relatos de coisas semelhantes a esta que acontecem no hospital, tanto que alguns servidores já normalizaram essas situações”, informou a direção da unidade de saúde. “Já ouviram bebê chorando na sala de parto várias vezes e não havia ninguém lá quando foram olhar”, continuou.

Ainda de acordo com a direção do hospital, coisas desse tipo acontecem,” a sorte que ninguém na equipe tem medo. Como eu disse, já estão acostumados. (Risos)”