Fredson Miranda fala sobre o grupo Correntão Rural

Publicado em 23 de agosto de 2011

 

 

Fredson Miranda, 30 anos, está à frente de um dos grupos econômicos mais consolidados do interior do Pará.

Diretor-Financeiro do “Correntão Rural”, ele toca o projeto de expansão do conglomerado que já chegou ao Estado do Mato Grosso, atuando em atividades como supermercado, representante das maiores marcas mundiais de produtos agropecuários – como a Dow AgroSciencies, entre outras -, setor imobiliário, pecuária, revenda de gás.

Ao lado do pai João Miranda, o jovem empresário quer ampliar a conquista de mercados, investindo em dois setores: novas tecnologias e qualificação da área de recursos humanos.

O Correntão Rural gera atualmente mais de 1.200 empregos diretos e indiretos, com lojas em Marituba, Xinguara, Marabá, cidades do Mato Grosso e, brevemente, em Redenção.

À coluna Fatos Relevantes, Fredson Miranda falou a Hiroshi Bogéa sobre o crescimento do grupo econômico, revelando também sua preocupação com o Meio Ambiente e os investimentos que o Correntão Rural dedica a esse setor, sendo um dos principais parceiros da Fundação Zoobotânica de Marabá.

O vídeo está aí ao lado, em Fatos Relevantes.