Força policial para Terra do Meio

Publicado em 5 de julho de 2007

A presidente de Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor, da Assembléia Legislativa do Estado do Pará, deputada Bernadete ten Caten (PT), reuniu nesta quinta-feira (05/07) com a secretária de Segurança Pública, Vera Lúcia Tavares, na sede daquela pasta, para pedir apoio policial ao cumprimento da decisão judicial que determina a reintegração de cerca de 5,9 milhões de hectares pertencentes à União e ao Estado, situados na Terra do Meio, em Altamira. Há 40 anos a área está sob o domínio ilegal da C.R. Almeida Engenharia e Construções.
A decisão foi exarada em 15 de março deste ano, pelo juiz federal Herculano Martins Nacif, mas até hoje não foi cumprida. As fazendas a serem desapropriadas são a Curuá, que reúne cerca de 4,7 milhões de hectares, e a Xingu, com cerca de 1,2 milhão de hectares. A C.R. Almeida se mantém na área graças a um título de aforamento que lhe permitia o usufruto das fazendas por apenas um ano. “Segundo o Ministério Público, a empresa conseguiu se manter na área de forma fraudulenta, usando registros suspeitos de cartórios”, acrescenta a parlamentar.

FONTE: Assessoria de Imprensa