Fora do ar

O setor de comunicação da prefeitura de Parauapebas encontra-se engessado. Nada ali funciona direito porque a ordem é aguardar o resultado da licitação da agência de publicidade a ser contratada. Depois do julgamento da proposta técnica, aguarda-se a abertura do envelope financeiro. O que tem de lobistas correndo paralelamente ao processo licitatório não está escrito, defendendo interesses das três empresas disputantes. Poucos apostam numa vitória das agencias “de fora”.