Fogo pelas ventas

Sebastião Miranda, ex-prefeito, e o atual, Maurino Magalhães, se encararam pela primeira vez em público, durante a posse de Sebastião Ferreira na Coordenação da SEIR, em Marabá. O fuça-à-fuça ocorreu diante de Ana Júlia, que a tudo assistiu, impávida, sem demonstrar nenhuma preocupação com a o processo de lavanderia dos dois políticos marabaenses.

No primeiro round público, Tião Miranda levou a pior. Maurino disse que tudo o que o ex-prefeito disse sobre a situação financeira deixada ao sucessor não era verdade. Como não teve direito à réplica, diante da distinta platéia, integrada basicamente por formadores de opinião, Miranda ficou de queixo-caído.

Os deputados João Salame (PPS) e Bernadete Caten (PT) protagonizaram também outro pega cheio de emoção

Falando depois de Salame, sua colega pediu que o parlamentar provasse com atos toda a preocupação que ele dissera no discurso ter com o sucesso do governo Ana Júlia, lutando junto ao G-8 para o grupo atuar verdadeiramente como aliado do Palácio dos Despachos, na AL.

Também do jeito que estava, Ana ficou. Impávida, observando a reação fisionômica do distinto público.

Foi emocionante pra dedéu.