Hiroshi Bogéa On line

Focos de esperança

Semana passada, até que duas boas notícias moralizadoras espocaram por aí:

1- O Ministério Público Eleitoral (MPE) emitiu parecer favorável à manutenção da decisão judicial que em abril cassou os diplomas doprefeito de Barcarena, João Carlos dos Santos Dias, e do vice Renato Ogawa. Para o MPE, a decisão judicial respeitou a legislação e baseou-se em provas suficientes de que Dias e Ogawa compraram votos.

2- No vizinho Maranhão, a Justiça Estadual mandou retirar o nome do ex-governador e atual ministro de Minas e Energias, Edison Lobão, de uma avenida litorânea e de uma escola pública no centro de São Luís.

Também foi determinada a retirada do nome do vice-governador, João Alberto (PMDB), do Centro de Processamento de Dados do Estado.

Em abril, a Justiça já havia mandando retirar o nome de Roseana Sarney da Passarela do Samba, local em São Luís onde ocorrem os desfiles de carnaval.

A decisão acatou uma ação popular, impetrada pela deputada estadual petista Helena Heluy, em 2004, quando a avenida foi batizada com o nome da governadora, na época exercendo mandato no Senado.

No rastro da decisão, o colaborador do blog, Alan Souza, pergunta se , no nosso Pará, “será que vai aparecer alguém para pedir que seja retirado o nome do Almir Gabriel da Alça Viária?”

Com as palavras, MPE e TJE.

Post de 

5 Comentários

  1. Flávio Muniz (CASTANHAL/PA)

    31 de julho de 2009 - 22:27 - 22:27
    Reply

    CASO BARCARENA:

    PARABÉNS AO MPE, PARABÉNS AO JUIZ LOCAL, PARABÉNS AO MPF e QUERO DE ANT-MÃO PARABENIZAR A MAIORIA DO PLENO do TRE, QWE SEM DÚVIDAS VAI MANTER A CASSAÇÃO DO PREFEITO de BARCARENA e seu VICE. (JOÃO CARLOS e RENATO OGAWA) e PARABÉNS AO POVO SOFRIDO DAQUELA CIDADE PARAENSE.

    E POR FIM, PARABENIZAR A EMISSORA DE RÁDIO METROPOLITANA FM, QUE DESDE QUANDO ENTROU NO AR NO ESTADO TEM MIRADO SUA IMPORTANTE METRALHADORA PARA AQUELE MUNICIPIO, E PARABENIZAR A AUDACIA E CORAGEM DO PEQUENO MAS AUDACIOSO E CORAJOSO REPÓRTER CARLOS BAÍA!

    Abraços.

  2. Prof. Alan

    30 de julho de 2009 - 01:20 - 1:20
    Reply

    O problema, João Carlos, é que o Ministério Público Estadual é de uma imobilidade atroz…

    Veja a questão da saúde em Belém: gente morrendo no PSM e foi preciso o MP Federal entrar em ação, por conta dos repasses de verbas federais para a saúde do município.

    O MP Estadual? Nem te ligo…

  3. João Carlos Rodrigues

    28 de julho de 2009 - 12:51 - 12:51
    Reply

    Em Xinguara, há uma escola com o nome de Jader Fontenele Barbalho. Em São Domingos do Araguaia, segundo os jornais da época, o ex-prefeito Chico Braga deu o nome de Ana Júlia Carepa a uma praça inaugurada quando Ana assumiu o governo do Estado. A avenida principal de Abel Figueiredo leva o nome do ex-governador Alacid Nunes e outros políticos vivinhos da silva dão nomes a prédios e logradouros públicos nas cidades do sul do Pará. É uma verdadeira farra, meu caro Hiróshi. Isso, sem contar os benefícios indiretos como os da Av. Nagib Mutran, que apesar de não ser uma homenagem ao nosso vereador, acaba beneficiando o mesmo com propaganda permanente e gratuita.
    Vai ter trabalho o nosso MP, caso decida (e deveria) entrar nessa briga.
    Um grande abraço e parabéns pelo sucesso do blog.

  4. Anonymous

    28 de julho de 2009 - 11:16 - 11:16
    Reply

    E em Santarém o Estádio de futebol leva o nome de Jàder Barbalho. Em Curionópolis o Hospítal do município denomina-se Elcione Barbalho.

  5. Anonymous

    27 de julho de 2009 - 18:09 - 18:09
    Reply

    Hiroshy,
    Seria bom, que o Ministério Público do Pará, seguisse o exemplo do Maranhão, senão vejamos: Na alça Viária,existe uma Ponte com o nome de Almir Gabril, em Marituba, um Mercado, cujo nome, é Simão Jatene. Um absurdo.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *