Finalmente, Flamengo começa a se profissionalizar

Publicado em 10 de dezembro de 2012

 

 

O  novo presidente do Flamengo abriu a semana anunciando o futuro  Diretor Executivo de Futebol.

Trata-se de Paulo Pelaipe, ex-executivo do Grêmio, e que deverá ganhar salário de R$ 100 mil/mês,  tendo como  função  organizar o departamento de futebol, comandar as ações do clube no mercado e discutir os procedimentos adotados com um comitê gestor, formado pelo futuro vice-presidente de futebol, Flávio Godinho, o presidente Eduardo Bandeira de Mello e até mesmo Zico.

Entre as suas primeiras atribuições, Paulo Pelaipe terá de definir a situação do atual diretor de futebol, Zinho, e do técnico Dorival Júnior. O primeiro tem contrato até o fim deste ano e pode ser remanejado para o cargo de gerente de futebol, mais próximo do dia a dia dos jogadores e dos treinamentos. Já Dorival Júnior tem contrato até o fim de 2013 e aguarda uma posição oficial sobre sua permanência.

Finalmente, o clube mais amado do mundo atingirá o nível profissional que sua imensa torcida tanto sonhava.

Os adversários, agora, não perdem por esperar.