Hiroshi Bogéa On line
Post de 

6 Comentários

  1. Anonymous

    22 de fevereiro de 2008 - 11:35 - 11:35
    Reply

    Realmente não sabe!poder andar na rua tranquilamente, ter um sistema de saúde de quallidade, ter educação de qualidade para todos, ter parlamenteres (representantes do povo)honestos que lesgislam só para o povo ter processos eleitorais limpos, governanates honestos e outras cositas mais… isto é que é democracia.
    Realmente nãos sabe.
    Ricardo

  2. Hiroshi Bogéa

    21 de fevereiro de 2008 - 16:57 - 16:57
    Reply

    E tu sabes, meu querido?
    Defender Fidel Castro nessa área é ser tão ou mais totalitário do que ele.
    Quem manda para o pelotão de fuzilamento opositores políticos nao merece nenhum tipo de reconhecimento.
    Alô torcida do Flamengo, aquele abraço.

  3. Anonymous

    21 de fevereiro de 2008 - 16:40 - 16:40
    Reply

    Tu nao sabes o que é democracia Bogea…

  4. Hiroshi Bogéa

    20 de fevereiro de 2008 - 18:32 - 18:32
    Reply

    Marky, todo tipo de ditadura é injustificável. Inda mais quando dura meio século. Quantos filhos e netos foram paridos em Cuba sem saber o gosto das liberdades…
    Essa a maior inconsequência de Fidel.
    Viva a Democracia!

  5. Anonymous

    20 de fevereiro de 2008 - 18:11 - 18:11
    Reply

    Pois é, talvez deixar seu povo preparado com o bem mais supremo para sua inserção neste mundo tão justo e igualitário, liderado pelos EUA, que é a EDUCAÇÃO.

    Em pouco tempo, caso caia o embargo norte-americano, CUBA mostrará o legado de FIDEL.

    Bem diferente de nossas terras livres e justas onde campeia a fome, o latifúndio, a violência, a mentira e a manipulação.

    Aonde os “cultos” têm nome com muitas consoantes e quando se expressam repetem mais inutilidades que o “louro José”, da Ana Maria Braga.

    Hasta la vista!

  6. Marky Brito

    20 de fevereiro de 2008 - 14:52 - 14:52
    Reply

    Grande Hiroshi,

    O difícil é achar coerência na conseqüência dele.

    Abraços!

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *