Hiroshi Bogéa On line

Fertilidade bovina

Desde muitos meses rumores dão conta de que Fábio Luís da Silva, filho do presidente Lula, seria dono de fazendas no Sul do Pará. Andando semanalmente por quase todos os municípios da região, este blogger investiga os informes mas não chegou a nenhum resultado comprobatório dos investimentos do rapaz. Inicialmente, falava-se que Fábio seria dono das fazendas adquiridas pelo grupo Opportunity. Nos municípios aonde o conglomerado comprou imóveis, os cartórios registram apenas a sociedade como proprietaria, sem a participaçào do filho do presidente.
O recente papo de que Fábio teria comprado 200 mil cabeças de gado e terra com plantio de cana de açucar em Ourilândia, não passa também de muita balela.
200 mil cabeças de gado… quem tem noção do que isso representa sabe que seria idiotice abocanhar tantas reses em nome de terceiros. E se a idiotice se concretizasse, 200 mil cabeças de gado, ao serem adquiridas, não passam desapercebidas por ninguém do ramo.
No Sul e Sudeste do Pará só quem comprou tanta quantidade de bovinos foi o Opportunity, numa sequencia de negócios iniciada há exatamente três anos. Ao total, o grupo possui atualmente algo em torno de 130 mil cabeças e oito fazendas.
O resto é invencionice e lenda.

Post de 

7 Comentários

  1. Anonymous

    1 de agosto de 2007 - 11:22 - 11:22
    Reply

    …Da Silva disse …

    Hiroshi, estás no caminho. Entre Dantas e Mutran tem um Silva pelo meio que não é, com certeza, esse escriba…

  2. Anonymous

    1 de agosto de 2007 - 04:44 - 4:44
    Reply

    lenda ou não, vai ser dificl teriar da cabeça do povo, rodo este sul do pará inteiro, e só vejo o povo dizendo isso.

  3. hiroshi

    31 de julho de 2007 - 11:55 - 11:55
    Reply

    Reafirmo: distribuir 200 mil cabeças de gado entre “meeiros” e somente poucos tomarem conhecimento, é delírio querido anônimo 8:19. Mas não duvido de suas informações. Segundo, não estou aqui como preposto do filho do Lula, defendendo-o. Deponho diante das investigações que venho realizando sobre esses rumores desde 2005, mais precisamente a partir do dia em que o pecuarista Bené Mutran começou a negociar a venda da fazenda Cedro para o Opportunity.
    Sua participação aqui está engrandecendo o blog.
    Obrigado pelas visitas.

  4. Anonymous

    31 de julho de 2007 - 11:19 - 11:19
    Reply

    Bom, não posso dizer nem tenho a pretensão de ser a verdade. Mas com relação ao fato de uma pessoa comprar gado sem aparecer, temos um exemplo aí na região. O Sr Silvio Profeta, ex Kibom, ex Pin-pong(chicletes), é um dos detentorees de grandes quantidades de gado na região e pelo que sei não tem um palmo sequer de terras. O processo de meieiro dá esta abertura e permite este tipo de atividade. Tem muito mas vc nunca sabe aonde. Imóveis registrados e que deixariam rastro não acredito que ele tenha tbem, mas investimento de parceria com o Daniel Dantes (DD)acho que sim. Aliás ele é padrinho do filho do presidente desde que comprou a empresa do protegido pelo preço de ouro. O gado já está na hora de ser investigado. É uma verdadeira Brastemp na lavação de $$$ com grande sonegação de impostos e ele (turma do Lula)pelo que sei já está bem entrosado com as oportunidades da região. Investigue que vai achar. Com certeza.
    Abraços

  5. hiroshi

    30 de julho de 2007 - 22:51 - 22:51
    Reply

    Precisa ser esclarecida sim. Então dê sua contribuiçào, anônimo das 06:06 PM. Peça ao “fazendeiro da regiäo”para ele dar nome do vendedor, nome da propriedade e aonde ela fica localizada. Se assim fizer, eu mesmo vou investigar. Se o fazendeiro que voce conhece não aceitar dar nomes aos bois (ou de quem são os bois, agora) então é mentira dele.
    Tem muita história aí pra boi dormir.
    Esse negócio do filho do Lula estar comprabdo todo o Sul do Pará já está virando lenda.

  6. Anonymous

    30 de julho de 2007 - 21:06 - 21:06
    Reply

    Descordo do anônimo acima. Eu mesma conversei com um fazendeiro da região que vendeu sua terra ao filho do Lula. Ele inclusive questionou o fato de tanto interesse em terras nerssa região do estado. Segundo esse fazendeiro , a transação passa pelo Banco Oportunit ( não sei se a grafia correta é essa). Vou retomar o contato com ele e te passo mais detalhes da transação. Essa história precisa ser melhor esclarecida.

  7. Anonymous

    30 de julho de 2007 - 17:50 - 17:50
    Reply

    Sobre o assunto, os comentários aqui em Redenção são grande também. Só que tudo isso é fofoca. Sou filho de fazendeiro e meu pai disse que o filho do Lula não comprou terras na região, como voce afirma no seu blog.
    Antonio G.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *