Hiroshi Bogéa On line

Ferrovia Norte-Sul

Com investimento de quase R$ 3,5 bilhões, a Ferrovia Norte-Sul tem um traçado previsto de construção de 1550 km de trilhos, cruzando o Maranhao, Tocantins e Goiás. Ampliado pelo presidente Lula, a ferrovia incorporou o trecho Açailândia/Belém ao traçado inicialmente projetado. Ao ser concluída (quando?), terá cerca de 2000 km ligando Senador Canedo, em Goiás, a Belém. A consecução desse trecho é crucial para a viabilidade da economia do Tocantins.
A propaganda empolgada dos secretários de Marcelo Miranda, governador do Estado, destaca a construção de plataformas multimodais no Tocantins como forma de integração entre os meios de transporte ferroviário, rodoviário e fluvial, agilizando e reduzindo os custos de todo o processo produtivo.
Ao todo, serão seis unidades nas cidades de Aguiarnópolis (concluída), Araguaína (em conclusão), Porto Nacional (com início para maio de 2007), além de Colinas, Guaraí e Gurupi. Goiás terá cinco plataformas e o Estado do Maranhão uma unidade, em Porto Franco, já concluída e em operação.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *