Fechando portas

Publicado em 22 de abril de 2007

Considerado um dos ideólogos do programa de desenvolvimento aplicado no Tocantins nos últimos cinco anos, elevando-o à condição de 7º colocado nacional em crescimento nas vendas ao mercado externo, Euduro Pedroza considera arriscado tocar uma gestão de governo em um estado das dimenões e potencialidades como o Pará, ignorando a sensibilidade do mercado. “Seguir ao pé da letra a nova legislação de Florestas Públicas em detrimento aos esforços de investidores que acreditaram nas oportunidades oferecidas, é o mesmo que convidá-los e desarmar seus negócios e procurar outra freguesia”, alertou.