Hiroshi Bogéa On line

Fechando lojas

O Grupo Goiás deixará de atuar no varejo para dedicar-se, exclusivamente, às áreas de construção civil, transportadora, fábrica de blocos e concretagem.

Carlos Antonio, diretor-presidente do grupo que emprega mais de 800 pessoas no Sul do Pará e na capital, comunicou sua decisão aos funcionários.

Varejista esspecializado na venda de materiais para construção, com filiais Casa Goiás espalhadas por algumas cidades, o grupo iniciará por Parauapebas o fechamento de lojas, a partir de janeiro de 2011.

Mas os funcionários da filial de Parauapebas não ficarão desempregados, vez serão absorvidos pela empresa de britagem  que o Grupo Goiás possui naquele município.

Os estoques das filiais serão agregados à  matriz da Casa Goiás, em Marabá, até sua liquidação.

A Goiás Concreto é hoje a maior empresa do segmentos da Região Norte do país, com mais de duzentos caminhões-concreteiros no Estado.

A partir de 2011, o grupo voltará suas atenções para espalhar investimentos em Manaus e nos vizinhos estados do Maranhão e do Tocantins, fixando a Goiás Concreto naquelas paragens.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *