Hiroshi Bogéa On line
Post de 

5 Comentários

  1. Anonymous

    25 de setembro de 2008 - 21:23 - 21:23
    Reply

    Não lute contra os números; lute por mais votos

    Um leitor do blog do Wilson Rebelo http://www.w-wilsonrebeo.blogspot.com que assina João Luis, comenta o post “Cada vez mais líder”, de sábado (20). Ele não afirma que é da “turma do 15”, mas… Leiam vocês mesmos.

    Eis o que diz o coleguinha:
    “Voce deve ser muito bem infomado pois disse ter colocado o resultado de uma pesquisa um dia depois de colhida as amostragens, quando todos sabemos da dificuldade de se tabular uma pesquisa desse porte. Ah, vc esqueceu de referir-se ao local pesquisado e que a divulgação da pesquisa é no mínimo mentirosa.”
    Vamos por parte. Eu “não disse ter colocado”, eu EFETIVAMENTE publiquei neste blog o resultado da pesquisa no dia 20. Ademais, poderia explicar que o IBOPE Inteligência (assim como o DATAFOLHA e o Vox Populi), trabalham com um “período de atualização” curto, de menos de 24 horas para amostragens inferiores à 1.500 questionários aplicados.
    As fontes do blog são confiáveis, como se vê.
    Quanto aos locais em que foram aplicados, estes estão disponíveis no processo arquivado junto à Justiça Eleitoral.
    Agora vamos à parte mais saborosa. Joãozinho alega que a “divulgação da pesquisa é no mínimo mentirosa”.
    Trata-se de um anacoluto. Algo irrespondível na forma em que foi redigido.
    Ora, Joãozinho, a divulgação da pesquisa jamais poderia ser mentirosa.
    Todos os requisitos legais capazes de autorizar a divulgação da pesquisa foram cumpridos, tanto assim que não se tem notícia de qualquer ação jurídica por parte de quem poderia sentir-se prejudicado.
    Talvez você tivesse a pretensão de rotular a pesquisa como mentirosa. Seria isso?
    Neste caso, sugiro que a conteste na Justiça.
    Quanto a ser muito bem informado, vocês não está errado.
    É por isso que até você lê este blog!
    E não se preocupe. Se ou quando Bel Mesquita ultrapassar Darci você também saberá primeiro aqui.
    Aqui não existe aquela história de “esqueçam o que escrevi”. Ao contrário, quere é que LEMBREM sempre o que escrevi!
    Mas, não fique desanimado, acabrunhado, sem vontade de cantar uma bela canção. Ao invés disso, anime-se, desista de brigar contra os números e vá em busca de votos para sua candidata. Ela realmente está precisando. Caso contrário inscreverá em seu currículo uma derrota acachapante para o Darci, um professor que até agora dá uma boa aula de psicologia de massa.

  2. Anonymous

    25 de setembro de 2008 - 15:53 - 15:53
    Reply

    Duvi-de-ó-dó…

  3. Anonymous

    25 de setembro de 2008 - 14:30 - 14:30
    Reply

    Hiro, o que vc me diz do resultado da pesquisa do Ibope em Parauapebas, postado pelo Waldir Silva e que reproduzo abaixo?

    Nova pesquisa elaborada pelo Ibope Inteligência revela que se as eleições fossem agora o candidato Darci José Lermen (PT) seria reeleito prefeito de Parauapebas com 54% das intenções de votos, contra 33% de Bel Mesquita (PMDB), 2% de Rui Ildebrando (PTN), 1% de Alessandro Spinelli (PTdoB), 1% de Cláudio Almeida (PR) e 1% de Marden do Psol.

    Candidatos
    Darci Lermen: 54%
    Bel Mesquita: 33%
    Rui Ildebrando: 2%
    Claudio Almeida: 1%
    Marden do Psol: 1%
    Alessandro Spinelli: 1%
    Branco/nulo: 2%
    Não sabe: 6%

    Avaliação da administração do prefeito
    Ótima: 27%
    Boa: 33%
    Regular: 24%
    Ruim: 6%
    Péssima: 8%
    Não sabe: 1%
    Não respondeu: 1%

    Aprovação da administração petista
    Aprova: 70%
    Desaprova: 25%
    Não sabe: 4%
    Não respondeu: 1%

    Entrevistados: 406 pessoas
    Período: de 17 a 19 de setembro
    Registro: 1.625/2008
    Margem de erro: 5%
    Postado por Waldyr Silva às 21:54 3 comentários Links para esta postagem

  4. Flávio Oliveira

    25 de setembro de 2008 - 13:00 - 13:00
    Reply

    Um resultado mais que esperado aqui na grande Belém. Helder esteve na frente desde o início. É carismático e tem um futuro político promissor.

    Flávio Oliveira – Belém
    http://diariodebelem.blogspot.com

  5. Anonymous

    25 de setembro de 2008 - 11:40 - 11:40
    Reply

    O programa de tv de Bel Mesquita flerta abertamente com o mau gosto e aproxima-se muito de cruzar a linha que separa a mera estupidez eleitoral do muito mais grave crime eleitoral.
    Nesta segunda, algum gênio teve a idéia de apresentar um denunciante anônimo que, de costas para as câmeras, conta a triste história de como, por ausência de atendimento, sua mulher morreu no hospital municipal.
    Segundo o denunciante, não havia aparelhos de fornecimento de oxigênio e a remoção da paciente foi impossível pela ausência de veículo.
    A dar-se crédito ao que Bel e seu programa dizem, trata-se de um caso clássico no qual misturam-se incompetência e negligência por parte de todos os envolvidos. Sendo verdade, estaríamos diante da necessidade de instauração imediata de procedimento policial que, ao fim, deveria apontar todos os culpados e individualizar as responsabilidades.
    Prisões e condenações deveriam ser esperadas como desdobramento lógico do procedimento investigatório, com repercussões óbvias no processo eleitoral.
    A toda evidência, para Bel e seu programa, Darci não é apenas um péssimo gestor municipal, é também responsável, ainda que indireto pela morte de, pelo menos, uma pessoa. Quem confiaria em tal homem para continuar à frente da administração municipal?
    Só tem um porém. A história toda cheira à fossa.
    De cara, por que o anonimato? O sujeito perde a esposa por uma alegada falha imperdoável do serviço municipal de saúde e cala-se durante quase um ano. Aí aguarda a campanha eleitoral para contar tudo, só que ao invés de dar nomes aos bois, prefere esconder-se, de costas para as câmeras e com holofotes no rosto.
    Não é crível.
    De que ou de quem tem medo o denunciante? Aparentemente, conta com a super proteção da deputada federal Bel Mesquita. Não é pouco. Muitos já foram apoiados e protegidos por Bel e não se arrependeram. Welney Lopes de Carvalho e Chico Ferreira que o digam.
    Tomemos por verdade o depoimento como um todo.
    Ainda sim, trata-se de estúpida manipulação.
    Mostrar tal caso, da forma como foi exibido, é fazer mau uso do horário eleitoral e explorar (se verdade) a dor alheia de forma repugnante.
    Tenho claro que a lei eleitoral não abriga ou estimula tal forma de fazer política.
    Aguardo os procedimentos de Darcy em relação ao assunto.
    Mas, desta vez, Bel Mesquita e seu programa avançaram o sinal vermelho. Talvez, escapem apenas com um multa. Talvez trombem com uma carreta. Quem sabe… Mas, que parece desespero, ah, parece.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *