Hiroshi Bogéa On line

Fazenda Mutamba é destruída e saqueada

 

Não sobrou nenhum imóvel, das casas existentes no local.

E nem máquinas em condição de uso.

O patrimônio da Fazenda Mutamba foi todo destruído, na madrugada de domingo, por vândalos e membros de duas associações, denominadas Associação dos Sem-Terra do Balão e Associação dos Moradores da Terra Prometida, áreas anexas aos limites da propriedade invadida.

A ação foi rápida.

Bandidos atuaram em três frentes.

Uma cuidava em destruir  casas da fazenda, enquanto outras duas tocavam fogo em pastos e nos tratores, caçambas e caminhões.

 

Nem moradias dos trabalhadores do imóvel rural escaparam da fúria criminosa.

Na manhã de domingo,  cenário de escombros, restos de fogo avançando ainda sobre áreas da propriedade e famílias de trabalhadores desoladas, ao relento, chorando diante da perda de seus bens.

Na hora da invasão, os criminosos encontraram reação de seguranças da fazenda, que tentaram conter a fúria dos vândalos usando armas de fogo.

Houve intensa troca de tiros entre invasores e a segurança privada.

Em número bem maior, os invasores afugentaram os seguranças e promoveram a destruição do patrimônio.

 

Na manhã de domingo, 23, perícia de danos foi realizada na Mutamba, com a constatação de perda total das casas destruídas e outros bens ainda em escala de levantamento.

Pra se ter ideia do tamanho do prejuízo, uma das máquinas incendiadas, um trator de esteira, custa R$ 1.200.000.

Ainda hoje, mais informações sobre a destruição da fazenda Mutamba.

 

 

 

Post de 

3 Comentários

  1. Gisele

    5 de novembro de 2017 - 08:52 - 8:52
    Reply

    Setores políticos inconformados com a perda de poder, colocam suas milícias para destruir setores da sociedade mais vulneráveis em termos de segurança. Querem estrangular o país provocando perdas na produtividade agrícola e a carestia. Estamos perdidos!

  2. Francisco

    25 de julho de 2017 - 21:49 - 21:49
    Reply

    País sem políticas sérias de reforma agrária, país sem políticas para o agronegócio da nisso… derramamento de sangue… Um governo inoperante… fora Temer!

  3. Francisco Arnilson de Assis

    24 de julho de 2017 - 18:03 - 18:03
    Reply

    Muito triste perceber que o setor produtivo passe por uma situação destas.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *