Fato novo

Publicado em 7 de junho de 2008

Principalmente na política, é assim: uma mexida de pedra altera todo o curso do processo.
Em Parauapebas, fatos indicavam que a disputa pela prefeitura seria polarizada entre as candidaturas de Darci Lermen (PT) e Bel Mesquita (PMDB), com esta apoiada por uma forte coligação.

Pode não ser mais.

O empresário Valmir “da Integral” (PTB), pessoa respeitada na cidade pela dimensão honesta de seus negócios que empregam cerca de 1.500 pessoas, decidiu mesmo oferecer seu nome à análise do eleitorado. Está tão inclinado a este propósito que já montou diversas equipes para o planejamento da campanha.

O decidido posicionamento de Valmir muda todo o processo eleitoral, encorajando, de cara, o desejo de Darci lutar por mais quatro anos de mandato, já que as oposições divididas hipoteticamente o beneficiam.

Até a semana retrasada, havia fortes indícios de que Bel Mesquita receberia o apoio do empresário e do pastor Fenelon Alves Sobrinhos (PSC), pastor-comandante da Assembléia de Deus, e influente liderança local.

O fato, por si, merece aplausos. Além de decisão corajosa, a pré-candidatura de Valmir da Integral, se confirmada, permitirá ao eleitorado de Parauapebas visualizar outra opção de escolha.