Existem sete casos suspeitos da doença da urina preta no Pará

Publicado em 17 de setembro de 2021

A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) informa que, por meio do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS), foi notificada e está investigando sete casos suspeitos da síndrome de Haff, sendo dois em Belém, um em Trairão e quatro em Santarém. Com isso, mais um caso entra no radar da capital.

“Os exames sanguíneos e de urina dos casos suspeitos foram encaminhados, por meio do Laboratório Central do Estado do Pará (Lacen), para laboratório de referência. A Sespa emitiu também nota de alerta com orientações para a identificação e a notificação de casos suspeitos. A Secretaria orienta os municípios a aumentar a atenção à inspeção sanitária dos locais de venda e sobre a importância do acondicionamento correto do pescado”, informa a Sespa, por nota.