Execução trabalhista remove 18 veículos e 892 cabeças de gado de “Delsão”

Publicado em 17 de fevereiro de 2012

 

 

Execução de dívida trabalhista do fazendeiro Décio Barroso Nunes, mais conhecido como “Delsão”, permitiu a operacionalização de penhora de 18 veículos e 892 cabeças de gado, durante os duas 16 e 17 de fevereiro, em Rondon do Pará.

A dívida trabalhista do executado é de R$ 3.267.525,36.

A penhora das 892 cabeças de gado rendeu em leilão realizado na própria cidade, o valor de R$ 766.300,00.

O evento foi organizado pela 2ª Vara do Trabalho de Marabá juntamente com a Central de Mandados, e contou com o apoio da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público do Trabalho.

Participaram da operação: um juiz federal do trabalho, dez servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, 8 policiais federais, 12 policiais rodoviários federais e 1 leiloeiro com equipe de 37 homens (motoristas, vaqueiros e tropeiros), 10 caminhões para transporte de gado e 5 caminhões-plataforma.

Além das penhoras, foram realizadas Em Rondon atividades de itinerância, com 9 audiências e recebimento de 9 reclamações trabalhistas.

Processo Trabalhista – nº 0001053-26.2011-5-08-0117).