Hiroshi Bogéa On line

Execução trabalhista remove 18 veículos e 892 cabeças de gado de “Delsão”

 

 

Execução de dívida trabalhista do fazendeiro Décio Barroso Nunes, mais conhecido como “Delsão”, permitiu a operacionalização de penhora de 18 veículos e 892 cabeças de gado, durante os duas 16 e 17 de fevereiro, em Rondon do Pará.

A dívida trabalhista do executado é de R$ 3.267.525,36.

A penhora das 892 cabeças de gado rendeu em leilão realizado na própria cidade, o valor de R$ 766.300,00.

O evento foi organizado pela 2ª Vara do Trabalho de Marabá juntamente com a Central de Mandados, e contou com o apoio da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Ministério Público do Trabalho.

Participaram da operação: um juiz federal do trabalho, dez servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, 8 policiais federais, 12 policiais rodoviários federais e 1 leiloeiro com equipe de 37 homens (motoristas, vaqueiros e tropeiros), 10 caminhões para transporte de gado e 5 caminhões-plataforma.

Além das penhoras, foram realizadas Em Rondon atividades de itinerância, com 9 audiências e recebimento de 9 reclamações trabalhistas.

Processo Trabalhista – nº 0001053-26.2011-5-08-0117).

Post de 

10 Comentários

  1. juarez procopio

    26 de junho de 2012 - 09:00 - 9:00
    Reply

    ho gente se nao fosse este homen nossa regiao estaria morta, ele e muito bao.

  2. Fabiano

    19 de fevereiro de 2012 - 00:37 - 0:37
    Reply

    tomara que esses juízes da vara cível, tomem como exemplo desse juiz trabalista e do tipo da Juíza Milena Dias que condenou com a pena máxima o assassino da Eloá a 98 anos de prisão fazendo justiça, e processar os políticos corruptos, e começar enquadrar prefeito ditador, do tipo o de Breu Branco (vulgo Alemão), que agora deu para bater em velinho de 3ª idade e nos eleitores que cobram prestação de contas das obras e terrenos adquiridos superfaturados, e resolve bater em vias públicas nos cidadãos, nocauteando com socos e pontapés como se fosse um lutador e campeão de Vale Tudo, ta bom dele ir disputar no MMA, para encontra gente capaz de lhe dar uma verdadeira surra, para respeitar a população!

  3. anonimo

    18 de fevereiro de 2012 - 19:43 - 19:43
    Reply

    So espero que no caso Dezinho a justiça haja com rigor,pois ate hoje a justiça do Para foi omissa neste caso.

  4. Luis Sergio Anders Cavalcante

    18 de fevereiro de 2012 - 14:48 - 14:48
    Reply

    Que sirva de exemplo para os demais “escravagistas” do Estado. Em 18.02.12, Marabá-PA.

  5. Naldo

    18 de fevereiro de 2012 - 13:52 - 13:52
    Reply

    advoga jamais este juiz sera afastado deste processo porque e um juiz serio e oneste e um cumpridor da Costituição Federal

  6. Marcos

    18 de fevereiro de 2012 - 13:48 - 13:48
    Reply

    Nossa a muito tempo que este empresario faz desmando com os trabalhadores de rondon parabens Juiz federal e a policia Federal e rodoviaria que participou da operação

  7. Rafael

    18 de fevereiro de 2012 - 13:34 - 13:34
    Reply

    vimos no jornal a advogade na defeza do empresario, mais ela não fala que seu cliente não paga seus funcionarios

  8. Monica

    18 de fevereiro de 2012 - 13:32 - 13:32
    Reply

    Juiz federal da 2° vara do trabalho de Marabá realmente este trubal fez valer a justiça ficamos feleiz com sua vinda a nossa cidade de Rondon do pará

  9. Marco aurelio

    18 de fevereiro de 2012 - 11:26 - 11:26
    Reply

    realmente esiste justiça no brasil no dia 16 e 17 o povo de Rondon do pará pode ver a justiça sendo feito parabens juz federal que esteve na nossa cidade fazendo ser cumprido a justiça ainda veremos Delsão na cadeia

  10. Marco aurelio

    18 de fevereiro de 2012 - 11:21 - 11:21
    Reply

    esta de parabens a 2º vara trabalhista de Marabá este cidade não paga trabalhador e tambem e ditador mais ele ja conhesecido la em Brasilia pelo LULA e DiLMA e o Ministro da Justiça

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *