Estuprada pelo padrasto, menina morre chamando pelo pai

Publicado em 24 de novembro de 2021

Sob os gritos de “pai, pai, me ajuda”, uma menina de 13 anos morreu após ser estuprada e esfaqueada pelo padrasto, Antônio Sirlande Coelho da Silva, na quarta-feira (17), em Eirunepé (AM).

O homem foi preso.

Testemunhas relataram à polícia que a garota foi vista sendo arrastada pelos cabelos por Antônio, enquanto pedia socorro.

O padrasto da menina teria ultrapassado a mureta de um terreno e desferido golpes de faca na menina, que morreu na hora.

Depois de matar a garota, ele tentou se matar dando duas facadas na própria barriga.

No entanto, foi levado primeiro ao hospital e depois recolhido à Cadeia Pública do Município.

Os médicos constataram que a menina recebeu 20 golpes e também teria sido abusada sexualmente.