Estuprada pelo padrasto, menina morre chamando pelo pai

Sob os gritos de “pai, pai, me ajuda”, uma menina de 13 anos morreu após ser estuprada e esfaqueada pelo padrasto, Antônio Sirlande Coelho da Silva, na quarta-feira (17), em Eirunepé (AM).

O homem foi preso.

Testemunhas relataram à polícia que a garota foi vista sendo arrastada pelos cabelos por Antônio, enquanto pedia socorro.

O padrasto da menina teria ultrapassado a mureta de um terreno e desferido golpes de faca na menina, que morreu na hora.

Depois de matar a garota, ele tentou se matar dando duas facadas na própria barriga.

No entanto, foi levado primeiro ao hospital e depois recolhido à Cadeia Pública do Município.

Os médicos constataram que a menina recebeu 20 golpes e também teria sido abusada sexualmente.