Hiroshi Bogéa On line

Estupra, mas não mata!

Primo de um dos funcionários da CVRD feito refém pelos bandidos encapuzados do MST conta ao blog que o parente imaginava seria morto na hora da tomada do trem. “Eles gritavam, humilhavam, mostravam foices e picaretas, chegando a encostar um facão no rosto do meu primo. Foi um terror o que eles viveram nas mãos dos caras”, conta, demonstrando nervosismo, a fonte.
É isso. O MST é mesmo o banbanban do pedaço. Desmoralizou o juiz federal Francisco de Assis Garcês Castro Júnior, com liminar e tudo.

Post de 

0 Comentários

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *