Hiroshi Bogéa On line

Espiando a morena

A imagem já é do conhecimento do país inteiro, mas o blog não pode deixar de comentá-la.

Lula de trouxa nunca teve nada.

Perspicaz e de sacadas de marketing jamais vista em outro presidente brasileiro, ele marcou um golaço de apelo popular, ontem, durante inauguração do Trem do Pantanal, no Mato Grosso do Sul.

Nem pensou duas vezes, quando lhe sopraram ao ouvido que a tentadora Priscila, belíssima morena do BBB-9 (futura capa de Playboy), se encontrava entre os convidados. Mandou convidá-la para fazer parte do seleto grupo ao entorno do Presidente.

E assim aconteceu.

Até na hora dos discursos, quando Lula ficou o tempo todo segurando a  mão da locomotiva.

Ninguém se conteve, com aplausos saindo pelo ladrão.

Com todo respeito à dona Marisa, dá-lhe  Presidente!

Post de 

6 Comentários

  1. Anonymous

    17 de maio de 2009 - 20:06 - 20:06
    Reply

    rsrsrs

    Valeu post, mas é que esse PT e Lule adoecem qualquer um !!!

    Olívia

  2. Hiroshi Bogéa

    13 de maio de 2009 - 22:43 - 22:43
    Reply

    Olívia (!) considerando os três comentários por ti assinados aqui em posts de hoje, dá pra medir a desmesurada vida amargurada que carregas. Cuidado! O acúmulo de fel dilacera tudo, inclusive a alma.
    Relaxa, porque assim pode ser sejas menos infeliz. Eh eh

  3. Anonymous

    13 de maio de 2009 - 20:53 - 20:53
    Reply

    Esse papel de bebum, mulherengo, afeito a coisas pequenas… é o que mais se aproxima de Lula, o homem que nada deixará de bom e exemplar para as gerações futuras.

    Olívia S. Moreira

  4. Anonymous

    13 de maio de 2009 - 08:13 - 8:13
    Reply

    Hiroshy, eu já vejo diferente. A grande jogada de marketing foi da garota. Ou você acha que a assessoria da moça não bolou a aproximação? Marketing é isso. Quanto ao Presidente, tirou uma casquinha.

  5. Hiroshi Bogéa

    12 de maio de 2009 - 21:16 - 21:16
    Reply

    Francisco, imagina o bugudu que deu! rsrsrsr

  6. Francisco Rocha Junior

    12 de maio de 2009 - 21:08 - 21:08
    Reply

    Meu caro Hiroshi, eu que não queria ser o presidente quando ele retornou ao Palácio da Alvorada…

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *